NOSSAS REDES

ACRE

Vídeo: com submetralhadora, membros de facção atiram e matam; ao menos 5 mortes e 10 feridos

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Vítimas foram levadas ao Pronto-Socorro da capital, algumas em estado grave. Nenhuma pessoa foi presa. Segurança diz que efetivo da PM foi reforçado e a Polícia Civil também foi mobilizada.

Pelo menos uma pessoa morreu e ao menos oito ficaram feridas após vários atentados que ocorreram em bairros de Rio Branco na tarde e início da noite deste sábado (7). A informação foi confirmada pelo Centro de Operações em Segurança Pública (Ciosp).

Os atentados ocorreram, de acordo com o Ciosp, nos bairros Tancredo Neves, Oscar Passos e Cidade do Povo. As vítimas foram encaminhadas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), algumas em estado grave.

A Segurança Pública informou, por meio da asessoria, que o efetivo da Polícia Militar (PM-AC) foi reforçado e a Polícia Civil também foi mobilizada. O órgão disse ainda que essas situações que aconteceram ao longo do dia, foram revides de uma facção contra a outra.

Veja os vídeos:

Outros atentados

Três homens da mesma família foram atingidos a tiros por volta de 23h30 de sexta-feira (6). A ocorrência foi registrada na Rua Francisco Bacurau, na Cidade do Povo, no Segundo Distrito de Rio Branco. Uma das vítimas, o pedreiro e serralheiro Pedro Batista de Lima, de 50 anos, chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Um adolescente identificado como José de Oliveira Silva, de 16 anos, foi executado com mais de 20 tiros na manhã deste sábado (7). G1Ac.

Vítimas

Vítimas que morreram na ação dos criminosos no Oscar Passos. Júnior Cleiton e Ygor Werik.

Júnior morreu no local, já Ygor morreu no PS.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tarde de Sábado em Rio Branco registra uma morte e oito tentativas de homicídio

Negócio tá pesado na parte alta da cidade. Tancredo, Vitória e Oscar Passos. Muita gente baleada.

A informação é que uma dupla em motocicleta munidos de uma submetralhadora passaram atirando nas pessoas.

Várias viaturas do Samu espalhadas.

Um homem morreu e outras oito pessoas deram entrada no Pronto Socorro de Rio Branco após serem alvo de disparos de arma de fogo em três bairros da parte alta da cidade, sendo eles, Tancredo neves, Oscar Passos e Cidade do Povo.

A informação é de que uma dupla em uma motocicleta munidos de uma arma calibre 9 milímetros foram os suspeitos de atuar na parte alta da cidade. No Oscar Passos uma das vítimas morreu e outras duas ficaram feridas, na entrada do bairro Tancredo Neves outros três homens foram baleados e na Cidade do Povo, duas pessoas de uma mesma família foram os alvos.

Os feridos foram todos socorridos por unidades do Serviço de Atendimento Móvel Urgência (Samu), e encaminhados ao Pronto Socorro e para atendimento. Três deram entrada em estado considerado gravíssimo e podem não resistir em aos ferimentos, segundo os socorristas.

Após a série de ataques, o contingente policial foi reforçado nas ruas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dia 07 de julho com muito sangue

Três são alvejados a tiros enquanto caminhavam na Cidade do Povo.

Três homens integrantes de uma mesma família foram parar no Pronto Socorro da capital após serem alvejados a tiros enquanto caminhavam na Rua Bacurau da Cidade do Povo no final da noite de sexta-feira (06).

De acordo com o coletado pela Polícia Militar, as vítimas eram dois irmãos e um cunhado e os criminosos passaram atirando em uma motocicleta. Pelo menos três unidades do Serviço de Atendimento Móvel Urgência (Samu), foram acionadas e após prestar os primeiros socorros os encaminharam ao Pronto Socorro.

Na unidade, a informação é de que uma das vítimas foi alvejada com dois tiros no tórax, braço e antebraço, a outra mais dois tiros na região das costelas e a terceira baleada na região das nádegas. Por Lília Camargo.

Neste domingo (08.07), uma mulher é assassinada com tiro na cabeça no Recanto dos Buritis; ela deixa seis filhos.

Ela havia saído de um mercado nas proximidades e carregava as sacolas com compras quando recebeu os tiros.

A mulher estava sem qualquer documento de identificação mas, populares a reconheceram como, Marta Santana da Silva, de 45 anos. Ela seria moradora do bairro Belo Jardim e deixou seis filhos após ser assassinada na manhã deste domingo (08), com três tiros, sendo um deles na cabeça.

De acordo com informações coletadas pela polícia, o fato se deu na Travessa Feijó, região do bairro Recanto dos Buritis. Com medo de retaliação os populares não quiseram colaborar, disseram apenas terem ouvido os disparos e quando perceberam a mulher já estava estendida na rua agonizando. Ela havia saído de um mercado nas proximidades e ainda carregava as sacolas com compras quando recebeu os tiros.

Corpo da mulher foi identificada por moradores/Foto: ContilNet

Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel Urgência (Samu), foi acionada mas, ao chegar ao local só puderam atestar o óbito da vítima. O local foi isolado para os trabalhos perciais e em seguida o corpo foi enciumado a base do Instituto Médico Legal (IML). Investigadores da Homicídios também foram acionados e devem abrir inquérito para investigar mais esse assassinato. Por ContilNet.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Balneários de Brasiléia são fechados por falta de segurança

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os balneários Kumarurana e Jarinal, localizados na zona rural do município de Brasiléia, foram fechados no último fim de semana, pelo 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros, sediado naquele município, por não estarem cumprindo as normas de segurança.

Bastante frequentados pela população da região da fronteira e de outros municípios do estado, os espaços de lazer foram notificados a reabrir somente depois que se adequarem às exigências legais, principalmente contratando o serviço de salva-vidas.

“O local oferece esses banhos e cobram entrada das pessoas. Os municípios de Brasiléia e Epitaciolândia tem esses profissionais devidamente treinados e qualificados que deveriam estar oferecendo segurança aos banhistas”, explicou o sargento Vivian.

A ida do Corpo de Bombeiros aos balneários, com o apoio da Polícia Militar, se deu após denúncia de irregularidades. Nos locais, foi confirmada a falta do Atestado de Funcionamento e os banhistas tiveram que deixar a água por medida de segurança.

Em um dos casos, os militares foram desacatados por um frequentador em visível estado de embriaguez. O homem recebeu voz de prisão foi detido por desacato, sendo levado à delegacia onde foi ouvido e liberado.

Os estabelecimentos poderão responder jurídica e administrativamente caso reabram sem tomar as medidas de segurança exigidas para o seu funcionamento. Entre as possíveis sanções estão multa e perda do alvará de funcionamento.

Com colaboração e fotos do jornalista Alexandre Lima.

Continue lendo

ACRE

Taxa de ocupação em leitos de UTI para a Covid-19 é de 30% no Acre

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A taxa geral de ocupação de leitos de Unidade Tratamento Intensivo (UTI) exclusivos para pacientes com a Covid-19 no Acre está em torno de 30% nesta segunda-feira (14).

Os dados são do Boletim de Assistência ao Enfrentamento da Covid-19, emitido pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). O boletim mostra a ocupação de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS), por especialidade do leito e por regional.

Segundo dados oficiais, das 126 internações em leitos do SUS, 80 testaram positivo para Covid-19, ou seja, a maioria das pessoas que buscam atendimento médico foram infectadas pelo vírus.

Na região do Baixo Acre, que engloba as cidades de Rio Branco, Sena Madureira, Plácido de Castro e Acrelândia, das 70 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), 27 estão ocupadas registrando uma taxa de ocupação de 38,6%.

A menor taxa de ocupação está na região do Juruá, que engloba Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Marechal Thaumaturgo, dos 20 leitos de UTI existentes, nenhum está ocupado, registrando 0% de ocupação. Os leitos clínicos somam 95 e 23 estão ocupados, registrando 24,2% de ocupação.

Já regional do Alto Acre, que engloba as cidades de Brasileia e Epitaciolândia, não há registro de uma ocupação de leitos de enfermaria num total de 19 leitos disponíveis. A regional do Alto Acre é a única que não tem leitos de UTI para a Covid-19.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco