NOSSAS REDES

BRASIL

Seleção defende liderança do Grupo C contra a Austrália

Agência Brasil, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Depois de derrotar a Jamaica por 3 a 0, no Estádio dos Alpes, em Grenoble, no jogo de estreia da Copa do Mundo na França, nesse domingo (9), a seleção brasileira viaja na tarde desta segunda-feira (10) para a cidade de Montpellier, onde faz a sua segunda partida contra a Austrália, na quinta-feira (13), às 13h.

Com os 3 a 0 sobre as jamaicanas, o Brasil chegou à oitava vitória no jogo de estreia em oito edições de Copa do Mundo, segundo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A vitória deu à seleção a liderança do Grupo C pelo saldo de gols. Em segundo lugar está a Itália, que venceu as australianas por 2 a 1.

Para a manhã de hoje, o treinador Vadão (Oswaldo Fumeiro Alvarez) programou um treino, no Estádio Paul Bourgeat, em Grenoble, para as jogadoras que não atuaram ontem ou entraram no segundo tempo da partida.

De acordo com Vadão, a vitória no primeiro jogo da Copa foi merecida. “Fizemos um bom jogo, vencemos bem, é só o começo, não tem essa empolgação porque não ganhamos nada, mas arrancamos bem. Vai ser um jogo muito difícil agora com a Austrália”.

O treinador também falou sobre a participação da atacante Cristiane, que marcou três gol na Jamaica, transformando-se na segunda maior goleadora da seleção brasileira em mundiais, com dez gols, ficando atrás apenas de Marta, com 15 gols.

“Eu acho que uma atleta como a Cris, depende muito do restante do grupo, porque ela é uma especialista dentro da área, mas para fazer os gols, a bola precisa chegar dentro da área. A bola chegou e ela fez”, disse Vadão.

Ao falar sobre a possibilidade de Marta retornar ao time na partida contra a Austrália, o treinador disse, logo após o jogo contra a Jamaica, que essa é uma questão do departamento médico, que acompanha as condições clínicas da atleta.

A atacante que, nesse domingo, acompanhou a vitória do Brasil do banco de reservas, sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda. Ela continua no trabalho fisioterápico, mas já em fase de transição para atividades no campo.

Relembre todas as estreias do Brasil na Copa do Mundo Feminina:

1991 – Brasil 1 × 0 Japão

1995 – Brasil 1 × 0 Suécia

1999 – Brasil 7 × 1 México

2003 – Brasil 3 × 0 Coreia do Sul

2007 – Brasil 5 × 0 Nova Zelândia

2011 – Brasil 1 × 0 Austrália

2015 – Brasil 2 × 0 Coreia do Sul

2019 – Brasil 3 × 0 Jamaica

Com informações da CBF

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Brasileiros querem volta das aulas apenas após vacina da Covid-19

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Para 72% dos brasileiros das classes A, B e C, os estudantes só devem voltar a ter aulas presenciais depois que uma vacina para o novo coronavírus estiver disponível, segundo pesquisa Ibope divulgada pelo jornal “O Globo” nesta segunda-feira (7).

O levantamento foi feito entre os dias 21 e 31 de agosto, pela internet, com 2.626 pessoas com mais de 18 anos e das classes A, B e C. O nível de confiança é de 95% dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Continue lendo

BRASIL

Aborto Realizado: Médicos interrompem gravidez da menina de 10 anos que foi abusada pelo próprio tio

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

De acordo com o portal A Gazeta, a equipe médica do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros, para onde foi levada a menina de 10 anos que ficou grávida após ser abusada pelo tio, já terminou a primeira etapa do aborto.

O médico Olimpio Barbosa de Morais Filho foi o responsável pelo procedimento e segundo ele, a menina poderá voltar para o Espírito Santo nesta quarta-feira (19), mas ainda não foi confirmado oficialmente quando ela receberá alta hospitalar.

O aborto foi autorizado pela Justiça do Espírito Santo, com um procedimento onde é ministrada uma injeção com medicamentos que resulta no óbito do feto e isto já foi feito.

Na madrugada de hoje começou a segunda etapa do procedimento, que é retirar o feto já sem vida e isto será realizado através de medicamentos.

O processo é concluído quando for realizada a limpeza total do útero da menina, que primeiramente foi internada no Hospital das Clínicas, em Vitória, só que a equipe médica de lá não quis fazer o aborto, alegando que a legislação vigente não poderia ser aplicada neste caso devido a idade gestacional.

A princípio foi dito que a menina estava no terceiro mês de gestação, mas exames posteriores revelaram que era o quinto mês. A criança foi levada para um hospital em Recife, onde o aborto então foi realizado e está sendo concluído hoje.

Ainda de acordo com o portal A Gazeta, familiares se mostraram favoráveis à interrupção da gravidez da menina. Um grupo de religiosos chegou a ir até a entrada do hospital protestar contra o aborto na noite de ontem.

VIA: PortalR7notícias

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco