NOSSAS REDES

BRASIL

PM abre fogo em sala de cinema e mata pai na frente da filha

Redação do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Policial mata pai de família em sala de cinema após discussão sobre poltrona. Vítima foi assassinada na frente da filha de 16 anos. Menina está abalada e medicada. Muitas crianças presenciaram o crime e entraram em desespero

O que deveria ser uma programação de lazer em família acabou em tragédia quando o policial militar Dijavan Batista dos Santos sacou sua pistola .40 e atirou no pescoço de Julio Cesar Cerveira Filho.

O crime aconteceu dentro de uma sala de cinema em Dourados (MS) na tarde desta segunda-feira (8). Vítima e agressor não se conheciam, de acordo com apurações da Polícia Civil.

Tudo começou por causa de uma discussão sobre poltronas. Em depoimento, o PM relatou que a vítima estava abrindo muito os braços e as pernas. Eles bateram boca, se levantaram e entraram em luta corporal.

Segundo testemunhas, durante a luta o PM pegou sua arma de fogo e disparou contra a vítima. Júlio Cesar foi morto na frente da filha de 16 anos.

O policial também estava acompanhado dos filhos, um menino de 10 e outro de 14 anos. De acordo com a versão do PM, a vítima teria esbarrado em um de seus filhos.

Em choque

A esposa de Julio, que prefere não ser identificada, disse que ela e a filha estão em casa muito abaladas e medicadas, e não tiveram condições emocionais de prestar depoimento à polícia.

A esposa relatou que estava em casa no momento do crime e que o marido havia lhe mandado uma mensagem dizendo que a sala de cinema estava cheia e que houve uma confusão com as poltronas que ele e a filha ocupariam.

A mulher chegou a pedir que o esposo voltasse para casa. Após o crime, a filha do casal foi amparada por amigos que estavam no shopping.

Em nota, o tenente coronel da PM Carlos Silva afirmou que o PM ligou para a polícia comunicando o crime. “Ele ligou para o 193 e 190 após o fato informando que seria o autor, aguardou a equipe no local e se apresentou.”,

O tenente informou que serão instaurados dois inquéritos, um pela Polícia Civil e outro pela Policial Militar. Dijavan foi preso em flagrante. Ainda não há informações sobre a defesa do policial.

Desespero

Várias crianças presenciaram o crime na sala de cinema, que exibia Homem-Aranha: Longe de Casa. “Eu não escutei nada, só vi as crianças correndo, uma delas gritou ‘foi tiro na sala 1’ e de repente todo mundo saiu da sala, o pessoal desesperado, aí começou a vir segurança”, disse um funcionário do cinema.

Depois do crime, o shopping foi fechado e o dinheiro da sessão devolvido.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Brasileiros querem volta das aulas apenas após vacina da Covid-19

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Para 72% dos brasileiros das classes A, B e C, os estudantes só devem voltar a ter aulas presenciais depois que uma vacina para o novo coronavírus estiver disponível, segundo pesquisa Ibope divulgada pelo jornal “O Globo” nesta segunda-feira (7).

O levantamento foi feito entre os dias 21 e 31 de agosto, pela internet, com 2.626 pessoas com mais de 18 anos e das classes A, B e C. O nível de confiança é de 95% dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Continue lendo

BRASIL

Aborto Realizado: Médicos interrompem gravidez da menina de 10 anos que foi abusada pelo próprio tio

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

De acordo com o portal A Gazeta, a equipe médica do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros, para onde foi levada a menina de 10 anos que ficou grávida após ser abusada pelo tio, já terminou a primeira etapa do aborto.

O médico Olimpio Barbosa de Morais Filho foi o responsável pelo procedimento e segundo ele, a menina poderá voltar para o Espírito Santo nesta quarta-feira (19), mas ainda não foi confirmado oficialmente quando ela receberá alta hospitalar.

O aborto foi autorizado pela Justiça do Espírito Santo, com um procedimento onde é ministrada uma injeção com medicamentos que resulta no óbito do feto e isto já foi feito.

Na madrugada de hoje começou a segunda etapa do procedimento, que é retirar o feto já sem vida e isto será realizado através de medicamentos.

O processo é concluído quando for realizada a limpeza total do útero da menina, que primeiramente foi internada no Hospital das Clínicas, em Vitória, só que a equipe médica de lá não quis fazer o aborto, alegando que a legislação vigente não poderia ser aplicada neste caso devido a idade gestacional.

A princípio foi dito que a menina estava no terceiro mês de gestação, mas exames posteriores revelaram que era o quinto mês. A criança foi levada para um hospital em Recife, onde o aborto então foi realizado e está sendo concluído hoje.

Ainda de acordo com o portal A Gazeta, familiares se mostraram favoráveis à interrupção da gravidez da menina. Um grupo de religiosos chegou a ir até a entrada do hospital protestar contra o aborto na noite de ontem.

VIA: PortalR7notícias

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco