NOSSAS REDES

ACRE

O EXEMPLO DO POLICIAL MILITAR QUE DEDICA A VIDA ÀS CRIANÇAS CARENTES EM TARAUACÁ

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Num país cheio de incertezas, individualismo, disseminação de ódio, corrida desenfreada pelo lucro do capital, corrupção generalizada, violência e banalização da vida, a cada dia mais a solidariedade precisa imperar nas nossas mentes, nos nossos corações e nas nossas ações. 

Quando a gente pensa que tudo está se perdendo nessa conjuntura desfavorável, aparecem figuras para nos mostrar que com gestos simples, dedicação e consciência social, que podemos acreditar ainda nas pessoas.

É o caso do Policial Militar de Tarauacá Gelcionei Neri Martins. “Nei” como é conhecido é sargento da PM e serve ao povo de Tarauacá como policial há 25 anos. Casado com a professora Terezinha Melo, pai de 3 filhos, dois já formados na faculdade e o terceiro em processo de formação. Há mais de 5 anos, “Nei” divide plantões de PM, obrigações de pai de família com a grande missão de se dedicar de corpo e alma ao trabalho social de coordenador da Pastoral da Criança no município. “Não é fácil. Muitas vezes tiro dinheiro do meu bolso, uso o meu veículo e minhas coisas. Minha esposa me ajuda. Mas, me sinto muito gratificado, pois. sei que, acima de tudo, estou servindo a Deus”, comentou.

“Nei” destaca ainda, que todo esse trabalho, que iniciou com Irmã Nelda, precisa ser continuado. “Atualmente a pastoral da criança trabalha com cerca de 500 crianças, através de suas lideranças realizando visitas domiciliares, levantando suas condições de vulnerabilidade e buscando ajuda para suprir as necessidades“, disse.

O espaço da pastoral é a Casa de Nazaré, localizada no bairro da praia, que é usada para produção de hortaliças, sabão artesanal, multimistura para acompanhamento nutricional e remédio caseiro para .

O SOPÃO:

Idealizado pela professora Terezinha, esposa de “Nei”, a pastoral produz um sopão que é servido para as famílias carentes das crianças cadastradas. “Precisamos de mais ajuda da comunidade, empresários, poderes públicos para que possamos melhorar a produção do sopão e também a forma de entrega nos bairros através de um transporte adequado“, enfatizou.

Aos domingos “Nei” ainda arranja tempo para pegar sua bíblia, seu folheto da pastoral e ir até a Rádio Comunitária Nova Era FM, apresentar o programa da Pastoral da Criança e conversar com as comunidades.

SUA COLABORAÇÃO É ESSENCIAL:

As pessoas que quiserem ser colaboradoras do trabalho da pastoral da criança, na qualidade de voluntários, parceiros, patrocinadores, serão bem vindas. “Precisamos de colaboradores para nos ajudar na horta, na produção e na entrega do sopão, na manutenção da nossa casa e outras demandas“, finalizou.

Quem quiser entrar em contado com o “Nei” é só ligar para 68 996013235. 

Por Raimundo Accioly

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Balneários de Brasiléia são fechados por falta de segurança

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os balneários Kumarurana e Jarinal, localizados na zona rural do município de Brasiléia, foram fechados no último fim de semana, pelo 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros, sediado naquele município, por não estarem cumprindo as normas de segurança.

Bastante frequentados pela população da região da fronteira e de outros municípios do estado, os espaços de lazer foram notificados a reabrir somente depois que se adequarem às exigências legais, principalmente contratando o serviço de salva-vidas.

“O local oferece esses banhos e cobram entrada das pessoas. Os municípios de Brasiléia e Epitaciolândia tem esses profissionais devidamente treinados e qualificados que deveriam estar oferecendo segurança aos banhistas”, explicou o sargento Vivian.

A ida do Corpo de Bombeiros aos balneários, com o apoio da Polícia Militar, se deu após denúncia de irregularidades. Nos locais, foi confirmada a falta do Atestado de Funcionamento e os banhistas tiveram que deixar a água por medida de segurança.

Em um dos casos, os militares foram desacatados por um frequentador em visível estado de embriaguez. O homem recebeu voz de prisão foi detido por desacato, sendo levado à delegacia onde foi ouvido e liberado.

Os estabelecimentos poderão responder jurídica e administrativamente caso reabram sem tomar as medidas de segurança exigidas para o seu funcionamento. Entre as possíveis sanções estão multa e perda do alvará de funcionamento.

Com colaboração e fotos do jornalista Alexandre Lima.

Continue lendo

ACRE

Taxa de ocupação em leitos de UTI para a Covid-19 é de 30% no Acre

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A taxa geral de ocupação de leitos de Unidade Tratamento Intensivo (UTI) exclusivos para pacientes com a Covid-19 no Acre está em torno de 30% nesta segunda-feira (14).

Os dados são do Boletim de Assistência ao Enfrentamento da Covid-19, emitido pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). O boletim mostra a ocupação de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS), por especialidade do leito e por regional.

Segundo dados oficiais, das 126 internações em leitos do SUS, 80 testaram positivo para Covid-19, ou seja, a maioria das pessoas que buscam atendimento médico foram infectadas pelo vírus.

Na região do Baixo Acre, que engloba as cidades de Rio Branco, Sena Madureira, Plácido de Castro e Acrelândia, das 70 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), 27 estão ocupadas registrando uma taxa de ocupação de 38,6%.

A menor taxa de ocupação está na região do Juruá, que engloba Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Marechal Thaumaturgo, dos 20 leitos de UTI existentes, nenhum está ocupado, registrando 0% de ocupação. Os leitos clínicos somam 95 e 23 estão ocupados, registrando 24,2% de ocupação.

Já regional do Alto Acre, que engloba as cidades de Brasileia e Epitaciolândia, não há registro de uma ocupação de leitos de enfermaria num total de 19 leitos disponíveis. A regional do Alto Acre é a única que não tem leitos de UTI para a Covid-19.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco