NOSSAS REDES

CRIME

No Acre, colono paga dívida de drogas do filho cedendo a própria colônia aos traficantes

Contilnet, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Uma dívida por aquisição e uso de droga por parte de um filho levou um colono de Manuel Urbano, município situado no Vale do Purus e distante 170 quilômetros da Capital Rio Branco, a quitar o débito com traficantes cedendo-lhe o único imóvel que possuía, uma colônia de 50 hectares, mediante ameaças de morte.  Esta semana a Justiça resolveu agir e os acusados Osanã Teixeira de Souza e Marcos Fronteira foram presos preventivamente por ameaças, fraude, extorsão e estelionato, assim como também tiveram suas contas bancárias bloqueadas.

justiça determina a prisão e o bloqueio das contas bancárias dos acusados/Foto: reprodução

A denúncia foi oferecida à Justiça pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), através do promotor de justiça substituto Aurê Ribeiro Neto. A juíza Ana Paula Sabóia decretou a prisão preventiva dos acusados e determinou o bloqueio de contas bancárias dos acusados ao constatar que era fraude o contrato de compra e venda do imóvel feito entre a vítima e os traficantes.
De acordo com a denúncia, o colono Francisco Nogueira de Aguiar vinha sendo jurado de morte por Marcos Fronteira em razão de dívida contraída no tráfico de drogas, por seu filho, cujo nome não foi revelado. A polícia obteve informações de que no cartório do tabelionato do município, o colono foi obrigado a assinar contrato de compra e venda do imóvel pelo valor de R$ 10 mil, importância que nunca recebeu, bem como transferir a titularidade da área, sob argumento que estava pagando a dívida do filho com o traficante. Sem a terra, ele, a esposa e mais três filhos precisaram pedir abrigo na casa da mãe.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Morador de rua é morto a golpes de tijolo na cabeça no dia do seu aniversário em Rio Branco

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um morador de rua identificado como Darcy da Costa Coelho, de 61 anos, mais conhecido por populares como ‘Didi’, foi agredido até a morte a golpes de tijolo no dia do seu aniversário, neste sábado, 12. O crime aconteceu por volta das 5h da manhã em uma pizzaria abandonada localizada na travessa Martiniano Prado, nas proximidades do Canal da Maternidade, no bairro Capoeira, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, Darcy atualmente morava em um quarto cedido pelo proprietário da pizzaria abandonada, mas ao chegar no local para dormir encontrou um outro morador de rua identificado como Gago. A vítima e o agressor entraram em discussão e o criminoso em posse de um tijolo desferiu vários golpes que atingiu a cabeça de Darcy. Mesmo ferido, o homem ainda andou pouco metros e caiu ao lado do muro da pizzaria. Após a ação, o autor do crime fugiu do local.

Pela manhã populares que passavam pelo local encontraram ‘Didi’ caído e quando se aproximaram o encontraram morto.

A Polícia Militar foi acionada até ao local e isolou a área para os trabalhos do Perito em criminalística, que constatou que Darcy estava com um afundamento no crânio sofrido pela agressão.

A polícia colheu o nome e as características do agressor e durante patrulhamento na região não conseguiu prendê-lo.

O corpo de Darcy foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavérico.

O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continue lendo

ACRE

Criminoso troca tiros com a PM e morre no Pronto-Socorro

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Uma troca de tiros entre a polícia e bandidos resultou em um criminoso identificado como Rubens Mateus Barbosa Furtado, vulgo ‘Pena’, ferido com um tiro na cabeça na tarde deste sábado, 12, no residencial Calafate I, localizado na rua José Domingos, no bairro Calafate, em Rio Branco, e em sua morte ao dar entrada no Pronto-Socorro.

De acordo com informações da Polícia, ao fazer um patrulhamento de rotina na região, o criminoso ‘Pena’ e um comparsa foram avistados em uma motocicleta modelo Honda XRE. A dupla, ao perceber a aproximação da guarnição policial, efetuou vários tiros vindo a acertar a viatura. Houve uma perseguição e troca de tiros e ‘Pena’ e seu comparsa conseguiram fugir na motocicleta.

Várias viaturas da Polícia Militar foram acionadas e durante patrulhamento na região receberam informações que o bandido ‘Pena’ estava no residencial Calafate I. Foi feito um cerco policial no residencial e quando os policiais adentraram até ao apartamento de Rubens, o criminoso reagiu apontando uma arma para guarnição e foi ferido com um tiro na cabeça.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e conduziram o ferido ao Pronto Socorro de Rio Branco. Segundo o Médico do SAMU, o paciente perdeu muita massa encefálica.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos do Perito em criminalística. O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Segundo informações da Polícia, Rubens Mateus, após dar entrada no Pronto Socorro foi encaminhado a sala de cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco