NOSSAS REDES

Notícias institucionais

Mototaxista de Sena cai em golpe e perde R$ 50 mil reais ao comprar trator pela OLX

Folha do Acre, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O mototaxista Antônio da Silva caiu em um golpe aplicado na internet e adiou o sonho de comprar um trator para prestar serviços na cidade de Sena Madureira, no Acre.

Na tarde de segunda-feira (20), Antônio procurou a imprensa para denunciar que foi vítima de uma quadrilha de estelionatários de Mato Grosso ao tentar comprar um trator na OLX, plataforma de compra e vendas na internet.

“Encontramos esse trator que estava sendo vendido em Brasiléia, negociamos com a pessoa que se dizia dona do trator, mas após fazer o depósito bancário dos R$ 50 mil reais descobrimos que se tratava de uma fraude de uma quadrilha de Mato Grosso”, conta Antônio.

Antônio explica que o genro dele foi até Brasiléia para ver o trator, que realmente estava no local, mas ao efetuar o pagamento, o mototaxista depositou o dinheiro na conta do criminoso que se passava como sócio do dono do trator, e não na conta do verdadeiro proprietário que residia em Brasiléia.

“Meu genro que encontrou o trato na OLX, foi até Brasiléia e olhou a máquina. Ele disse que eu podia transferir o dinheiro porque o trator estava bom. Transferi o dinheiro para a conta que o negociador me passou, mas depois descobrimos que se tratava de um golpe. O estelionatário usou as fotos do trator de Brasiléia e se passou como dono para aplicar o golpe”, explica Antônio.

O mototaxista conta que ligou para o verdadeiro dono do trator para liberar a máquina, mas foi informado que o dinheiro não tinha caído na conta dele.

“Após meu genro ver o trator eu transferi o dinheiro, mas não caiu na conta do verdadeiro dono que não liberou o trator. Diante disso, descobrimos que se tratava de um golpe”, conta.

Antônio procurou a delegacia para prestar queixa do crime, mas encontrou dificuldades por se tratar de um crime que deixa poucos rastros na internet. Ele conta que uma funcionária da Caixa Econômica afirmou que assim que o dinheiro caiu na conta do criminoso foi transferido para outras cinco contas de Mato Grosso.

O mototaxista lamenta o fato, pois tinha pedido R$ 45 mil reais emprestados da sua mãe para realizar seu sonho.

“Eu pedi R$ 45 mil reais para realizar esse meu sonho de ter um trator. Agora o dinheiro sumiu e a gerente do banco disse que é impossível resgatar o dinheiro. Vou ter que trabalhar para pagar minha mãe”, diz.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Diretor da Energisa culpa bandeira tarifária e maior consumo por aumento

Contilnet, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

A Câmara Municipal de Rio Branco promove na manhã sexta-feira (4) uma audiência pública com a presença do representante da Energisa para que a empresa preste esclarecimentos sobre os aumentos na conta de energia em Rio Branco. Na ocasião, o diretor da empresa, Ricardo Xavier, voltou a dizer que não existe aumento de tarifa nas contas de energia elétrica e sim de consumo.

“Vim aqui responder questionamento de qualquer dúvida que tiverem, tentar esclarecer assim como eu fiz na Assembléia, no Ministério Público. Não tem aumento de tarifa, o que você tem é a inserção das bandeiras tarifárias que acontece em alguns meses, dependendo da designação da Aneel, é normal”, explicou Xavier.

O diretor  se defende e diz que não afirmou que os ventiladores consomem mais energia do que os aparelhos de ar condicionado. “Não procede, eu não falei essa frase de forma alguma, eu estava tentando explicar uma situação em que um ar condicionado no período quente, ele consome mais para o mesmo trabalho do que num período frio. Comparei ventilador e ar condicionado porque que o ventilador gasta mais por você utiliza ele mais horas por dia. Se alguém disse isso, ou quem publicou isso, fez de forma errônea”, destacou.

O debate conta com a presença de diversas instituições de fiscalização e representantes da sociedade civil organizada, deputados estaduais, como o presidente da Comissão Parlamentar de inquérito (CPI), Daniel Zen (PT), diretor André Gil do Procon e representantes da defensoria pública do Acre.

 

Continue lendo

Notícias institucionais

Aprovado pojeto que prevê pagamento de tornozeleiras pelos próprios presos no Acre

Contilnet, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os deputados aprovaram por unanimidade o projeto do deputado Roberto Duarte (MDB), durante sessão na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), que prevê o pagamento de aparelhos eletrônicos pelos próprios presos apenados no sistema jurídico acreano.

De acordo Roberto, o estado gasta milhões de reais anualmente com as tornozeleiras e, por isso, quem é julgado pela justiça, deve custear o gasto com o equipamento que vai usar.

“Outros estados já votaram a favor dessa legislação. Não há nada de inconstitucional sobre isso e, por isso, quem foi julgado deve pagar pelo equipamento que vai usar, e não o estado”, explicou.

A ementa será levada ao executivo acreano e passará pela apreciação do governador Gladson Cameli. Caso seja aprovada, valerá a partir da data de autorização.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco