NOSSAS REDES

GOVERNO GLADSON CAMELI

Governo Gladson faz farra com verba de mídia e Deputados Estaduais fazem vista grossa

Notícias da Hora, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Nenhum deputado questionou como está sendo efetuada a distribuição da verba da mídia

Transparência 
Nenhum deputado, nem de oposição, questionou como está sendo efetuada a distribuição da verba da mídia. A rigor o pagamento só poderia ser feito após uma licitação. Não é  pouco dinheiro público que está circulando por aí debaixo de uma capa opaca.
Embromation
Vereadores da capital resolveram seguir o exemplo dos Deputados e passaram a trocar as sessões ordinárias das quintas feiras por sessões solenes de homenagem. Nesta quinta, enquanto os vereadores homenageavam a Renovação Carismática, os deputados faziam o mesmo com a Ordem Demolay. Que bom que os problemas do estado e do município estão todos resolvidos.
Regimento
O Regimento Interno da Assembleia Legislativa prevê a realização de sessões ordinárias inclusive às  sextas feiras. De tanto enforcar a sessão de sexta-feira,  os novos deputados nem sabem disso. 
Regulamento
Na legislatura passada o deputado Nelson Sales (PP), apresentou uma indicação para que as sessões solenes só fossem realizadas nas segundas ou sextas. Nesta legislatura, Roberto Duarte (MDB), disse que ressuscitaria a indicação,  mas o pedido para a sessão de homenagem à Ordem Demolay, hoje, foi dele, Roberto Duarte. 
Medicamentos 
A anunciada chegada dos medicamentos da compra de empresas de fora do estado, ainda não atingiu as unidades de saúde. Nem o Huerb.  O governador fez foto com a primeira carreta com medicamentos há cerca de uma semana.  Mas no PS faltam até antibióticos. Demora mais a distribuição pela Sesacre que atravessar o Brasil pela estrada.
Salvem a peixe
A empresa Peixes da Amazônia  tem uma dívida de R$ 50 milhões. O que não é considerado um valor alto quando comparado ao valor total da empresa, orçado em R$ 120 milhões. O grupo de empresários e políticos que pretende “salvar” a Peixes da Amazônia,  tenta um financiamento de R$ 8milhões do Bird para tocar a empresa, mas em troca querem que o governo do estado se retire do negócio. 
Quintal
O Acre está se transformando no quintal de Rondônia.  Depende de lá em energia, em produção e agora os empresários de Rondônia querem abocanhar também a Peixes da Amazônia,  com o apoio dos empresários locais.
Ciclone
O ciclone político que se arma ainda para o primeiro semestre deste ano, pretende levar o deputado José Bestene (PP), para o TCE, no lugar de Antonio Malheiros que se aposenta. No lugar de Bestene quem assume na Assembleia Legislativa é  Elson Santiago.  A política vive de acomodações. E a gente, de descobrir.
Educação 
O secretário de estado que não recebeu o deputado Fagner Calegário (PV, ainda!), foi o secretário estadual de Educação. Ai, aiaiai,  aiai. Esse é o tipo de confusão que governo nenhum precisa. Deputado magoado é praga no pé de secretário. 
Meio termo
O governo Gladson inova em tudo. Entre o agronegócio da Direita e a Florestania da Esquerda, optou por um novo modelo- a Agroflorestania, em que incentiva o agronegócio sem desmatamento, de olho no lucrativo mercado de carbono que tanto criticaram enquanto oposição. 
Angélica Paiva, do Notícias da Hora.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Conselheira de 65 anos não deve assumir vaga de colega que morreu de Covid-19 no AC, recomenda MP

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Documento destaca que Maria de Jesus já atingiu idade máxima exigida para assumir cargo.

CAPA: TCE-AC encaminhou apenas um nome para indicação do governador — Foto: Reprodução/Google Street View.

O Ministério Público do Acre (MP-AC) encaminhou duas recomendações para a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) e para o Tribunal de Contas Estadual (TCE-AC) para que seja rejeitada a nomeação da conselheira Maria de Jesus Carvalho de Souza.

Segundo o MP-AC, a conselheira não pode assumir a vaga do colega José Augusto Araújo de Faria, de 71 anos, que morreu de Covid-19 no dia 12 de julho, por já ter atingido a idade máxima exigida para assumir o cargo, que é 65 anos.

A Constituição do Estado do Acre prevê que o conselheiro precisa tem mais de 35 anos e menos de 65 para assumir o cargo. Com 65 anos completos, segundo o MP-AC, Maria de Jesus não pode ocupar a vaga.

O órgão estadual deu prazo de dez dias para que a Aleac e o Governo do Acre se posicionem sobre a situação. Em caso de descumprimento, o MP-AC garante que vai tomar medidas judiciais para apurar a responsabilidade tanto nas esferas cível, administrativa e penal.

Ao G1, a assessoria de comunicação da Aleac informou que ainda não tem comissão formada para analisar. A discussão e formação da comissão deve ser feita na terça-feira (11).

Continue lendo

CORONAVÍRUS

Estado e Prefeitura de Tarauacá assinam termo de cooperação para enfrentamento da Covid-19

Agência de Notícias GOV/AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O termo de cooperação assinado pelo Governo do Estado, por meio Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) e pela Prefeitura de Tarauacá, na manhã desta segunda-feira, 13, tem como propósito a colaboração do município, no sentido de fornecer materiais, equipamentos e profissionais para o Hospital Dr. Sansão Gomes no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

Termo de cooperação oficializa parceria entre prefeitura e Saúde do Estado para enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Foto: Junior Aguiar.

“Agradeço à prefeita Marilete Vitorino pela preocupação em somar esforços no combate à pandemia. Sem dúvida o momento é de união entre todos para que a população acreana seja bem atendida”, destacou o secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene.

No mesmo encontro, foi discutido sobre os novos testes rápidos que serão disponibilizados pelo Estado aos municípios. Marilete Vitorino também reforçou a importância das parcerias: “A gente sempre entendeu que Estado e Município tinham que estar juntos. Então, dentro das nossas possibilidades, cedemos ao hospital materiais que possam ajudar o trabalho dos profissionais de saúde”.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco