NOSSAS REDES

GOVERNO GLADSON CAMELI

Governo gasta em média R$ 7 mil com bandeira oficial; valor anual será de R$ 71 mil

Contilnet, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um extrato de ata publicado no Diário Oficial (DOE) desta segunda-feira (18) aponta que o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado da Casa Civil, gastará em 12 meses – a partir da data de publicação – cerca de R$ 71.435,00 com a compra de bandeiras oficiais.

Bandeira do Acre no mastro oficial, localizado na Gameleira/Foto: Reprodução
Os produtos serão fabricados em tecidos como poliéster, viscose e nylon, em medidas que vão até 11,25 metros de comprimento e 16,07 de largura.

A de maior tamanho custará em média R$ 7.360,00, a unidade, que deverá ser usada no mastro oficial, na Gameleira.

Ao todo, 49 bandeiras foram solicitadas pela secretaria – que devem ser distribuídas entre os órgãos oficiais.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Conselheira de 65 anos não deve assumir vaga de colega que morreu de Covid-19 no AC, recomenda MP

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Documento destaca que Maria de Jesus já atingiu idade máxima exigida para assumir cargo.

CAPA: TCE-AC encaminhou apenas um nome para indicação do governador — Foto: Reprodução/Google Street View.

O Ministério Público do Acre (MP-AC) encaminhou duas recomendações para a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) e para o Tribunal de Contas Estadual (TCE-AC) para que seja rejeitada a nomeação da conselheira Maria de Jesus Carvalho de Souza.

Segundo o MP-AC, a conselheira não pode assumir a vaga do colega José Augusto Araújo de Faria, de 71 anos, que morreu de Covid-19 no dia 12 de julho, por já ter atingido a idade máxima exigida para assumir o cargo, que é 65 anos.

A Constituição do Estado do Acre prevê que o conselheiro precisa tem mais de 35 anos e menos de 65 para assumir o cargo. Com 65 anos completos, segundo o MP-AC, Maria de Jesus não pode ocupar a vaga.

O órgão estadual deu prazo de dez dias para que a Aleac e o Governo do Acre se posicionem sobre a situação. Em caso de descumprimento, o MP-AC garante que vai tomar medidas judiciais para apurar a responsabilidade tanto nas esferas cível, administrativa e penal.

Ao G1, a assessoria de comunicação da Aleac informou que ainda não tem comissão formada para analisar. A discussão e formação da comissão deve ser feita na terça-feira (11).

Continue lendo

CORONAVÍRUS

Estado e Prefeitura de Tarauacá assinam termo de cooperação para enfrentamento da Covid-19

Agência de Notícias GOV/AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O termo de cooperação assinado pelo Governo do Estado, por meio Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) e pela Prefeitura de Tarauacá, na manhã desta segunda-feira, 13, tem como propósito a colaboração do município, no sentido de fornecer materiais, equipamentos e profissionais para o Hospital Dr. Sansão Gomes no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

Termo de cooperação oficializa parceria entre prefeitura e Saúde do Estado para enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Foto: Junior Aguiar.

“Agradeço à prefeita Marilete Vitorino pela preocupação em somar esforços no combate à pandemia. Sem dúvida o momento é de união entre todos para que a população acreana seja bem atendida”, destacou o secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene.

No mesmo encontro, foi discutido sobre os novos testes rápidos que serão disponibilizados pelo Estado aos municípios. Marilete Vitorino também reforçou a importância das parcerias: “A gente sempre entendeu que Estado e Município tinham que estar juntos. Então, dentro das nossas possibilidades, cedemos ao hospital materiais que possam ajudar o trabalho dos profissionais de saúde”.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco