NOSSAS REDES

ACRE

Gladson anuncia compra de R$ 72 milhões em medicamentos e insumos hospitalares

Contilnet, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, anunciou na tarde desta quarta-feira, 31, a aquisição de R$ 72 milhões em medicamentos e insumos hospitalares para o abastecimento de toda a rede estadual de Saúde.

Nesta semana, uma compra no valor de R$ 3 milhões já foi realizada pelo governo e nos próximos dias, mais outra licitação de R$ 4 milhões será efetuada para assegurar o estoque de medicamentos e materiais utilizados nas unidades hospitalares.

A compra é mais uma prova do compromisso desta gestão em revolucionar a Saúde e garantir acesso digno e de qualidade para a população que utiliza a rede pública.

Mudanças significativas já estão sentidas na Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre), como a retomada de cirurgias e outros procedimentos que não eram realizados desde o ano passado. E no próximo dia 6 de agosto, após uma década em obra, Gladson Cameli finalmente entregará o novo Pronto Socorro de Rio Branco funcionando para a população.

A informação foi revelada durante coletiva à imprensa no gabinete do governador instalado no parque de exposições, local onde ocorre a 46ª edição da maior feira de agronegócios e entretenimento do estado, a Expoacre 2019.

Entrega de 100 novas viaturas policiais de uma só vez será a maior da Segurança Pública do Acre

Mostrando o compromisso de fortalecer a Segurança Pública com arrojados investimentos em aquisição de viaturas, equipamentos e contratação de mais de 500 novos policiais civis e militares, o governador Gladson Cameli anunciou que muito em breve, 100 novos veículos serão entregues para reforçar a presença policial no enfrentamento ao crime nas 22 cidades do estado.

“Nos próximos 15 dias, estaremos contratando a compra de 100 novas viaturas para a Segurança Pública e vamos entregar a maior frota da história do Acre, fora fardamentos, coletes à prova de bala e todo tipo de material que venha dar condições de trabalho. Tudo o que tem de última geração no que diz respeito ao serviço de inteligência das nossas polícias nós também estamos adquirindo”, pontuou.

Segundo o gestor, a expectativa é que todos estes investimentos sejam entregues nos próximos 60 dias. A partir de setembro, o Acre ganhará o reforço de 247 novos policiais militares. Este foi mais um compromisso firmado por Gladson e que será cumprido em seu primeiro ano de governo.

Até o dia 12 de julho deste ano, o relatório apresentado pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) aponta queda de 35,7% nos crimes contra a vida em todo o estado, na comparação com o mesmo período de 2018.

A retomada da ordem nos presídios por meio da implantação dos programas operacionais padrão, maior presença da polícia nas ruas em pontos vulneráveis e elucidações de crimes contra a vida, além dos investimentos assegurados para a Segurança Pública estão entre os principais fatores que contribuíram para o declínio dos crimes letais.

Cameli esclarece processo licitatório de aeronave e descarta uso em viagens governamentais

Questionado sobre a licitação de uma aeronave para o governo do estado, Cameli explicou que o modelo de pequeno porte será utilizado tão somente em casos de emergência, sobretudo, no transporte de pacientes em estado grave para outros estados do país.

O gestor explicou que o aluguel sendo feito a partir de uma empresa situada na região Norte trará economia aos cofres públicos. Gladson citou que o mesmo processo sendo feito de maneira emergencial via Sudeste do país chega a custar R$ 400 mil.

Cameli foi duro ao dizer que o assunto está sendo tratado por opositores ao seu governo de forma baixa e com único intuito de tirar proveito político sobre o tema, além de tentar confundir a população com informações equivocadas.

“As pessoas deveriam ter a complacência de pelo menos ler o edital e, por conta disso, uma situação pequena como esta acaba se tornando maior que os problemas do nosso estado por causa de politiqueiros e faço o desafio a todos que se até o último dia do meu governo veja se vai ter algum fretamento de avião para me levar a algum lugar”, argumentou.

O governador afastou qualquer possibilidade de a aeronave ser utilizada para o seu transporte, mesmo durante as viagens oficiais. Cameli afirmou que tem pago um alto preço por querer ajudar a melhorar a vida das pessoas e que, mesmo assim, não medirá esforços para honrar a confiança dos milhares de acreanos que o elegeram em primeiro turno.

“Eu não teria coragem de fretar um avião mediante as condições financeiras que eu estou falando desde o dia que eu assumi o governo para mandar a conta para o Estado. Eu não tenho necessidade disso e quando eu preciso viajar, eu tenho a quem pedir sem mandar nem uma conta para o Estado”, frisou

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Balneários de Brasiléia são fechados por falta de segurança

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os balneários Kumarurana e Jarinal, localizados na zona rural do município de Brasiléia, foram fechados no último fim de semana, pelo 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros, sediado naquele município, por não estarem cumprindo as normas de segurança.

Bastante frequentados pela população da região da fronteira e de outros municípios do estado, os espaços de lazer foram notificados a reabrir somente depois que se adequarem às exigências legais, principalmente contratando o serviço de salva-vidas.

“O local oferece esses banhos e cobram entrada das pessoas. Os municípios de Brasiléia e Epitaciolândia tem esses profissionais devidamente treinados e qualificados que deveriam estar oferecendo segurança aos banhistas”, explicou o sargento Vivian.

A ida do Corpo de Bombeiros aos balneários, com o apoio da Polícia Militar, se deu após denúncia de irregularidades. Nos locais, foi confirmada a falta do Atestado de Funcionamento e os banhistas tiveram que deixar a água por medida de segurança.

Em um dos casos, os militares foram desacatados por um frequentador em visível estado de embriaguez. O homem recebeu voz de prisão foi detido por desacato, sendo levado à delegacia onde foi ouvido e liberado.

Os estabelecimentos poderão responder jurídica e administrativamente caso reabram sem tomar as medidas de segurança exigidas para o seu funcionamento. Entre as possíveis sanções estão multa e perda do alvará de funcionamento.

Com colaboração e fotos do jornalista Alexandre Lima.

Continue lendo

ACRE

Taxa de ocupação em leitos de UTI para a Covid-19 é de 30% no Acre

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A taxa geral de ocupação de leitos de Unidade Tratamento Intensivo (UTI) exclusivos para pacientes com a Covid-19 no Acre está em torno de 30% nesta segunda-feira (14).

Os dados são do Boletim de Assistência ao Enfrentamento da Covid-19, emitido pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). O boletim mostra a ocupação de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS), por especialidade do leito e por regional.

Segundo dados oficiais, das 126 internações em leitos do SUS, 80 testaram positivo para Covid-19, ou seja, a maioria das pessoas que buscam atendimento médico foram infectadas pelo vírus.

Na região do Baixo Acre, que engloba as cidades de Rio Branco, Sena Madureira, Plácido de Castro e Acrelândia, das 70 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), 27 estão ocupadas registrando uma taxa de ocupação de 38,6%.

A menor taxa de ocupação está na região do Juruá, que engloba Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Marechal Thaumaturgo, dos 20 leitos de UTI existentes, nenhum está ocupado, registrando 0% de ocupação. Os leitos clínicos somam 95 e 23 estão ocupados, registrando 24,2% de ocupação.

Já regional do Alto Acre, que engloba as cidades de Brasileia e Epitaciolândia, não há registro de uma ocupação de leitos de enfermaria num total de 19 leitos disponíveis. A regional do Alto Acre é a única que não tem leitos de UTI para a Covid-19.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco