NOSSAS REDES

Cruzeiro do Sul

“Estou sendo perseguido”, reclama empresário após ser preso em seu estabelecimento

Juruá em Tempo, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O empresário Ralidson Junio da Silva, proprietário de um bar, localizado no centro de Cruzeiro do Sul, procurou a redação do O Jornal Juruá Em Tempo, para denunciar a ação “agressiva” [termo utilizado pela vítima] por parte de alguns policiais militares, durante o último final de semana em seu estabelecimento.
De acordo com relatos do mesmo, durante a madrugada do último sábado, 25, o expediente já havia se encerrado, quando os policiais chegaram no local abordando as pessoas que estavam na frente.
“O expediente já tinha acabado, quando eles chegaram aqui e nos abordaram. Como viram que não tinha como fazer nada contra o estabelecimento, que já estava fechado, eles multaram o meu carro, por estar aqui na frente, sendo que aqui não existe nenhuma proibição de estacionar e ele não estava com a documentação atrasada”, ressaltou o proprietário.
Após perceber que seria multado e chateado com a situação, o empresário utilizou-se de seu telefone celular, e começou a gravar a ação dos policiais no local. Em um dos vídeo, é possível perceber que ele para as gravações, quando  percebe que o policial esta se aproximando. Assista:

Após isso, o empresário adentrou em seu estabelecimento, e foi surpreendido quando um dos policiais adentrou até onde ele estava, para que pudesse lhe dar voz de prisão. Lá, ele foi algemado e colocado dentro de uma das viaturas e encaminhado à Delegacia de Policia Civil e posteriormente ao presídio Manoel Neri.
Neste momento, a esposa do empresário, que estava do lado de fora, começou a gravar toda a ação. Nas imagens, é possível ver o mesmo sendo algemado dentro do bar, e sendo levado para fora pelos policias. A mulher que gravou toda cena, também foi presa. Assista:

“Nós sofremos perseguição por parte de um destes policiais a muito tempo. A alguns meses atrás, nosso estabelecimento foi multado, sem as devidas rédeas; foi então que entrei na justiça, e lá, ganhei a causa. Desde então, isso vem acontecendo. Como empresário e cidadão brasileiro, espero que isso não se repita, enfim, sou uma pessoa de bem e pago todos os meus impostos. Sofrer um constrangimento desses, não é nada bom. Ainda mais, no local onde você trabalha. Da minha parte, espero que a justiça seja feita, e acredito que será”, ressaltou Junio da Silva.
A Corporação da Polícia Militar em Cruzeiro do Sul foi procurada para falar sobre o caso, mas até o fim desta matéria não conseguimos retorno. O espaço para todos segue em aberto

Advertisement
Comentários

Comente aqui

Cruzeiro do Sul

Após protestos de motoristas, Procon-AC notifica 20 postos de combustível de Cruzeiro do Sul

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Procon-AC notificou 20 postos de combustível após gasolina chegar a R$ 5,70 no município.

CAPA: Litro da gasolina, em Cruzeiro do Sul, chegou a R$ 5,70 — Foto: Gledson Albano/Rede Amazônica Acre. 

Vinte postos de combustível do município de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, foram notificados pelo Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-AC) após protestos contra o aumento no preço da gasolina.

Uma onda de protestos tomou a cidade acreana na última semana após o litro da gasolina subir para R$ 5,70. Um grupo de mototaxistas e motoristas de aplicativos se reuniu em frente ao Ministério Público Estadual (MP-AC), na segunda (24), e depois os participantes saíram em carreata e fizeram um buzinaço.

Os manifestantes também foram até alguns postos e abasteceram com R$ 2 como forma de protesto.

Três dias depois, os manifestantes fecharam a ponte que fica sobre o Rio Juruá. O protesto foi pacífico, mas a Polícia Militar acompanhou a manifestação.

Após as manifestações, equipes do Procon foram até os postos de combustível verificar a situação. Ao G1, o diretor-presidente do Procon-AC, Diego Rodrigues, explicou que todos os proprietários de postos que existem na cidade foram notificados.

“Foram notificados para comprovar o preço praticado. Precisam apresentar a nota fiscal de compra e venda do combustível dos últimos três meses e queremos saber se o aumento dado é somente repassado pela Petrobras ou está havendo excesso na margem de lucro desse postos de combustível”, destacou.

Continue lendo

Cruzeiro do Sul

Caminhão de lixo pega fogo no Centro de Cruzeiro do Sul e bombeiros são acionados para conter chamas

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Incêndio ocorreu na noite dessa quarta-feira (26). Duas guarnições do Corpo de Bombeiros foram acionadas para atender a ocorrência.

capa: Caminhão de lixo pega fogo no centro de Cruzeiro do Sul — Foto: Gledson Albano/Rede Amazônica Acre. 

Duas guarnições do Corpo de Bombeiros foram acionadas na noite dessa quarta-feira (26) para conter as chamas de um caminhão de lixo que incendiou, no Centro de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, enquanto servidores faziam coleta.

“De repente, o motorista não sabe o que aconteceu, mas o lixo que estava no baú do carro começou a pegar fogo”, contou o comandante dos Bombeiros na cidade, capitão José Oliveira.

Os bombeiros que foram acionados tiveram dificuldades porque a tampa do baú que comprime o lixo, teve as mangueiras hidráulicas estouradas devido à temperatura e foi preciso utilizar uma pá mecânica para poder levantar a tampa, retirar o lixo, para poder apagar o fogo.

“Foi removido o lixo e combatido o incêndio e, graças a Deus, a viatura foi salva, só com algumas avarias na questão hidráulica na tampa que comprime o entulho, mas já vai voltar a funcionar”, acrescentou comandante.

O comandante disse que a causa do incêndio ainda deve ser apurada para que possa ter uma resposta do que aconteceu. Ninguém se feriu.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco