NOSSAS REDES

ACRE

Em Tarauacá, assassinos do médico Dr Baba serão interrogados em audiência; veja a data

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os réus Felipe de Oliveira Rodrigues e José Renê do Nascimento Avelino, atualmente presos na Penitenciária Moacir Prado, serão interrogados pelo Juiz da Comarca de Tarauacá no dia 25/04/2019, às 11:30 horas da manhã.

A expectativa é que familiares, amigos e admiradores do médico compareçam na frente do fórum local para acompanhar ou assistir a audiência que, em regra, é pública, e pode ser acompanhada por qualquer cidadão. 

O Diretor da Penitenciária Moacir Prado já foi cientificado da data, e deverá providenciar a escolta que fará o transporte dos réus até o fórum da cidade.

Os acusados estão presos no presídio local desde novembro/2018, e desde o dia 14/11/2018 aguardam a audiência de interrogatório.

O Portal Acre Notícias apurou que, nos bastidores, há rumores que líderes de facção ordenaram a morte dos criminosos, razão pela qual ambos estão recolhidos em cela separada dos demais detentos. 

O terceiro acusado LUCAS SILVA DE OLIVEIRA, estar preso no presídio da capital. 

RELEMBRE O CASO:

No sábado, 27 de outubro de 2018, a cidade de Feijó recebeu a chocante notícia que o médico Rosaldo Firmo de Aguiar, 50 anos, tinha sido morto em decorrência de disparo de arma de fogo durante um roubo na residência dele.

A polícia foi acionada e se deslocou para o local, encaminhando o corpo do médico para o hospital, mas ele não apresentava mais sinais vitais.

Após iniciar as investigações a polícia concluiu que o indivíduo que estava com o médico na residência dele tinha sido o responsável por informar os demais criminosos que o Dr. Baba tinha um revólver e planejaram roubar a referida arma naquele dia.

Ocorre que quando invadiram a residência, o médico reagiu ao assalto e por conta disso foi alvejado com um disparo de escopeta que o atingiu na região das costelas, transfixando seu corpo. Em seguida os criminosos pegaram o revólver do médico e se evadiram do local.

O indivíduo que estava com a vítima foi identificado como sendo JOSÉ RENÊ DO NASCIMENTO AVELINO, 19 anos, que após ser ouvido na Delegacia resolveu confessar sua participação no crime, e delatar os comparsas. 

Algumas horas depois a polícia prendeu no Bairro Zenaide Paiva, em Feijó, o nacional FELIPE DE OLIVEIRA RODRIGUES, vulgo “Curica”, 21 anos, que foi apontado como sendo o indivíduo que efetuou o disparo que ceifou a vida do Dr. Baba.

Na manhã de domingo, 28 de outubro de 2018, foi preso o terceiro envolvido e responsável por planejar todo o crime, bem como por transportar os criminosos para a casa do médico e ocultar as armas usadas no crime. Ele foi identificado como sendo LUCAS SILVA DE OLIVEIRA, vulgo “Sula”, 28 anos.

O acusado LUCAS SILVA DE OLIVEIRA, vulgo “Sula”, atualmente estar preso no presídio Dr. Francisco de Oliveira Conde, na capital. 

No decorrer das investigações, a polícia conseguiu encontrar as armas usadas no crime, além do revólver que foi subtraído da vítima, o qual foi escondido pelos criminosos no Ramal Maravilha, em Feijó.

 

Os três indivíduos foram flagranteados e vão responder pelo crime de latrocínio, cuja pena varia de 20 a 30 anos. A polícia continua os trabalhos com o objetivo de identificar se outro indivíduo participou do crime.

QUEM ERA A VÍTIMA

Dr. Baba era um médico conhecido e querido pela população de Feijó e Tarauacá, tendo em vista os relevantes trabalhos que prestou de forma voluntária nos lugares mais distantes destes municípios. Recentemente ele tinha adquirido com recursos próprios uma embarcação para atender a população ribeirinha. Também se fez conhecido no Estado do Acre por “denunciar” em seu perfil do Facebook a má aplicação dos recursos públicos, tanto nas áreas da saúde, bem como educação, infraestrutura e outros setores.

.

A polícia diz que os suspeitos queriam roubar a arma da vítima. Porém, não foi descartada a hipótese de crime por motivação política, tendo em vista que o médico apoiava o presidenciável Jair Bolsonaro.
.
No dia do crime, o médico tinha trabalhado pela manhã no hospital da cidade e à noite estava em casa quando foi morto pelos criminosos. A investigação aponta que a possível intenção dos bandidos era roubar uma arma que estava com o médico, um revolver calibre 38. De acordo com a polícia, Aguiar teria reagido ao assalto e por isso foi alvejado com uma escopeta (arma de fabricação caseira). Ao todo, três suspeitos teriam participado da ação criminosa.
.
Na época, o então governador Tião Viana lamentou a morte do médico e decretou luto oficial de três dias. “Servidor exemplar, Dr. Baba fazia parte da equipe do Hospital e Maternidade de Feijó, onde trabalhava com muito zelo e atenção em seu atendimento. Salvou muitas vidas e ajudou com que a maternidade estivesse há um ano sem morte alguma”, disse em nota.
.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Balneários de Brasiléia são fechados por falta de segurança

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os balneários Kumarurana e Jarinal, localizados na zona rural do município de Brasiléia, foram fechados no último fim de semana, pelo 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros, sediado naquele município, por não estarem cumprindo as normas de segurança.

Bastante frequentados pela população da região da fronteira e de outros municípios do estado, os espaços de lazer foram notificados a reabrir somente depois que se adequarem às exigências legais, principalmente contratando o serviço de salva-vidas.

“O local oferece esses banhos e cobram entrada das pessoas. Os municípios de Brasiléia e Epitaciolândia tem esses profissionais devidamente treinados e qualificados que deveriam estar oferecendo segurança aos banhistas”, explicou o sargento Vivian.

A ida do Corpo de Bombeiros aos balneários, com o apoio da Polícia Militar, se deu após denúncia de irregularidades. Nos locais, foi confirmada a falta do Atestado de Funcionamento e os banhistas tiveram que deixar a água por medida de segurança.

Em um dos casos, os militares foram desacatados por um frequentador em visível estado de embriaguez. O homem recebeu voz de prisão foi detido por desacato, sendo levado à delegacia onde foi ouvido e liberado.

Os estabelecimentos poderão responder jurídica e administrativamente caso reabram sem tomar as medidas de segurança exigidas para o seu funcionamento. Entre as possíveis sanções estão multa e perda do alvará de funcionamento.

Com colaboração e fotos do jornalista Alexandre Lima.

Continue lendo

ACRE

Taxa de ocupação em leitos de UTI para a Covid-19 é de 30% no Acre

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A taxa geral de ocupação de leitos de Unidade Tratamento Intensivo (UTI) exclusivos para pacientes com a Covid-19 no Acre está em torno de 30% nesta segunda-feira (14).

Os dados são do Boletim de Assistência ao Enfrentamento da Covid-19, emitido pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). O boletim mostra a ocupação de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS), por especialidade do leito e por regional.

Segundo dados oficiais, das 126 internações em leitos do SUS, 80 testaram positivo para Covid-19, ou seja, a maioria das pessoas que buscam atendimento médico foram infectadas pelo vírus.

Na região do Baixo Acre, que engloba as cidades de Rio Branco, Sena Madureira, Plácido de Castro e Acrelândia, das 70 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), 27 estão ocupadas registrando uma taxa de ocupação de 38,6%.

A menor taxa de ocupação está na região do Juruá, que engloba Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Marechal Thaumaturgo, dos 20 leitos de UTI existentes, nenhum está ocupado, registrando 0% de ocupação. Os leitos clínicos somam 95 e 23 estão ocupados, registrando 24,2% de ocupação.

Já regional do Alto Acre, que engloba as cidades de Brasileia e Epitaciolândia, não há registro de uma ocupação de leitos de enfermaria num total de 19 leitos disponíveis. A regional do Alto Acre é a única que não tem leitos de UTI para a Covid-19.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco