NOSSAS REDES

CRIME

Em Rio Branco, polícia espera melhora de homem agredido a pauladas para ouvir depoimento

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Fernando Roberto da Silva, de 53 anos, segue em coma na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) após ser agredido a pauladas. A Polícia Civil começou a ouvir algumas testemunhas e espera a vítima melhorar para saber o que aconteceu no dia do crime.

Silva foi agredido a pauladas por três homens durante uma bebedeira, no bairro Cidade Nova. Ele foi encontrado no hospital pela mulher dele, Francisca Siqueira, após ficar alguns dias sem dar notícias para a família.

As investigações do crime são conduzidas pela Delegacia da 2ª Regional, que fica no Conjunto Habitacional Cidade do Povo. O delegado Jarlen Alexandre explicou que o depoimento de Silva vai esclarecer o que de fato aconteceu.

“Assim que ele melhorar, vai ser ouvido. Ainda está no hospital, mas não pode ser ouvido. Ouvi a mulher informalmente, no inquérito ainda não dá para ter certeza de que foi uma briga. Quero saber quem o agrediu, a motivação vem junto e estamos atrás. Estamos tentando terminar dentro do prazo, que é de 30 dias”, esclareceu.

Alexandre complementou que já ouviu diversas testemunhas informalmente no inquérito. Porém, afirmou que não pode passar detalhes sobre as investigações para não atrapalhar os trabalhos.

“No primeiro momento não tinham imagens, mas, tem alguns detalhes que podemos conseguir de outros locais, de estabelecimentos próximos para saber o local certo. Depende muito da informação dele, adiantaria muito”, argumentou.

Estado de saúde

A família afirmou que Silva apresentou uma pequena melhora, mas segue internado na UTI do hospital. Além disso, ele dever ser submetido a uma cirurgia de traqueostomia, porque está bastante agitado com o tubo que o ajuda a respirar.

O paciente foi submetido a uma tomografia nesta quarta-feira (3). A família contou também que Silva pegou infecção hospitalar, mas não apresentou mais inchaço.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Morador de rua é morto a golpes de tijolo na cabeça no dia do seu aniversário em Rio Branco

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um morador de rua identificado como Darcy da Costa Coelho, de 61 anos, mais conhecido por populares como ‘Didi’, foi agredido até a morte a golpes de tijolo no dia do seu aniversário, neste sábado, 12. O crime aconteceu por volta das 5h da manhã em uma pizzaria abandonada localizada na travessa Martiniano Prado, nas proximidades do Canal da Maternidade, no bairro Capoeira, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, Darcy atualmente morava em um quarto cedido pelo proprietário da pizzaria abandonada, mas ao chegar no local para dormir encontrou um outro morador de rua identificado como Gago. A vítima e o agressor entraram em discussão e o criminoso em posse de um tijolo desferiu vários golpes que atingiu a cabeça de Darcy. Mesmo ferido, o homem ainda andou pouco metros e caiu ao lado do muro da pizzaria. Após a ação, o autor do crime fugiu do local.

Pela manhã populares que passavam pelo local encontraram ‘Didi’ caído e quando se aproximaram o encontraram morto.

A Polícia Militar foi acionada até ao local e isolou a área para os trabalhos do Perito em criminalística, que constatou que Darcy estava com um afundamento no crânio sofrido pela agressão.

A polícia colheu o nome e as características do agressor e durante patrulhamento na região não conseguiu prendê-lo.

O corpo de Darcy foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavérico.

O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continue lendo

ACRE

Criminoso troca tiros com a PM e morre no Pronto-Socorro

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Uma troca de tiros entre a polícia e bandidos resultou em um criminoso identificado como Rubens Mateus Barbosa Furtado, vulgo ‘Pena’, ferido com um tiro na cabeça na tarde deste sábado, 12, no residencial Calafate I, localizado na rua José Domingos, no bairro Calafate, em Rio Branco, e em sua morte ao dar entrada no Pronto-Socorro.

De acordo com informações da Polícia, ao fazer um patrulhamento de rotina na região, o criminoso ‘Pena’ e um comparsa foram avistados em uma motocicleta modelo Honda XRE. A dupla, ao perceber a aproximação da guarnição policial, efetuou vários tiros vindo a acertar a viatura. Houve uma perseguição e troca de tiros e ‘Pena’ e seu comparsa conseguiram fugir na motocicleta.

Várias viaturas da Polícia Militar foram acionadas e durante patrulhamento na região receberam informações que o bandido ‘Pena’ estava no residencial Calafate I. Foi feito um cerco policial no residencial e quando os policiais adentraram até ao apartamento de Rubens, o criminoso reagiu apontando uma arma para guarnição e foi ferido com um tiro na cabeça.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e conduziram o ferido ao Pronto Socorro de Rio Branco. Segundo o Médico do SAMU, o paciente perdeu muita massa encefálica.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos do Perito em criminalística. O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Segundo informações da Polícia, Rubens Mateus, após dar entrada no Pronto Socorro foi encaminhado a sala de cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco