NOSSAS REDES

Cruzeiro do Sul

Em Cruzeiro do Sul, incêndio atinge depósito de mercantil e combate com 45 bombeiros dura mais 6 horas

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Dois bombeiros tiveram dificuldades de respirar durante ocorrência e foram atendidos pelo Samu. Ninguém ficou ferido.

Capa: Incêndio atinge depósito de mercado e combate com 45 bombeiros dura mais 6 horas no interior do Acre — Foto: Asscom/Corpo de Bombeiros. 

O Corpo de Bombeiros de Cruzeiro do Sul levou seis horas para conter um incêndio de grande proporção que atingiu um mercantil no bairro João Alves na tarde desta terça-feira (5) em Cruzeiro do Sul, interior do Acre. No total, 45 homens estavam na ação e dois tiveram que ter atendimento médico por inalar fumaça.

Entre combate e rescaldo, a ocorrência seguiu até às 22h30. Ao todo, 90 mil litros de água foram usados no combate. O comandante do batalhão na cidade, capitão José Oliveira, disse que a dificuldade foi porque o fogo iniciou no subsolo do mercantil.

“Aconteceu num local confinado, que é o subsolo, onde funcionava o depósito. Foram três viaturas dos bombeiros, três caminhões-pipa. O Samu atendeu dois militares que tiveram dificuldades para respirar por inalar fumaça, mas nada grave. As causas do incêndio são indeterminadas e será necessária uma perícia para determinar. Os prejuízos foram apenas materiais, toneladas de mercadoria foram perdidas, porém não houve vítimas”, disse.

Perícia deve confirmar causas do incêndio em mercado no interior do Acre  — Foto: Asscom/Bombeiros

Perícia deve confirmar causas do incêndio em mercado no interior do Acre — Foto: Asscom/Bombeiros.

Logo no começo do incêndio, cerca de 15 pessoas estavam dentro do estabelecimento. O prédio foi evacuado, mas o fogo atingiu grande parte da edificação, que mede aproximadamente 680 m².

No depósito havia cerca de oito toneladas de mercadorias, segundo os bombeiros. “Pela alta carga de materiais combustíveis e o confinamento das chamas, o incêndio gerou grande quantidade de fumaça”, diz a nota da corporação.

Bombeiros de folga reforçaram a operação no interior do Acre  — Foto: Asscom/Bombeiros

Bombeiros de folga reforçaram a operação no interior do Acre — Foto: Asscom/Bombeiros

Solidariedade

Como o incêndio foi de grande proporção, militares que estavam de folga reforçaram as equipes. A prefeitura cedeu os caminhões-pipas usados no combate.

Muitos bombeiros tiveram exaustão física, mas conseguiram manter um revezamento. “Com a permanência do Samu na base da operação, foi possível um revezamento da equipe nas linhas de combate que passavam pela ministração de oxigênio, na própria viatura do SAMU, como procedimento de segurança para toda a equipe que trabalhava no local”, destaca a nota.

No final da operação, moradores que acompanhavam os bombeiros aplaudiram o trabalho da equipe.

Investigação

O local ainda deve passar por uma perícia, mas, segundo os bombeiros, os funcionários chegaram a relatar ao dono do estabelecimento que viram faíscas saindo do quadro de distribuição de energia antes do incêndio.

Depósito tinha cerca de oito toneladas de alimentos armazenadas  — Foto: Asscom/Bombeiros

Depósito tinha cerca de oito toneladas de alimentos armazenadas — Foto: Asscom/Bombeiros

Cruzeiro do Sul

Após protestos de motoristas, Procon-AC notifica 20 postos de combustível de Cruzeiro do Sul

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Procon-AC notificou 20 postos de combustível após gasolina chegar a R$ 5,70 no município.

CAPA: Litro da gasolina, em Cruzeiro do Sul, chegou a R$ 5,70 — Foto: Gledson Albano/Rede Amazônica Acre. 

Vinte postos de combustível do município de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, foram notificados pelo Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-AC) após protestos contra o aumento no preço da gasolina.

Uma onda de protestos tomou a cidade acreana na última semana após o litro da gasolina subir para R$ 5,70. Um grupo de mototaxistas e motoristas de aplicativos se reuniu em frente ao Ministério Público Estadual (MP-AC), na segunda (24), e depois os participantes saíram em carreata e fizeram um buzinaço.

Os manifestantes também foram até alguns postos e abasteceram com R$ 2 como forma de protesto.

Três dias depois, os manifestantes fecharam a ponte que fica sobre o Rio Juruá. O protesto foi pacífico, mas a Polícia Militar acompanhou a manifestação.

Após as manifestações, equipes do Procon foram até os postos de combustível verificar a situação. Ao G1, o diretor-presidente do Procon-AC, Diego Rodrigues, explicou que todos os proprietários de postos que existem na cidade foram notificados.

“Foram notificados para comprovar o preço praticado. Precisam apresentar a nota fiscal de compra e venda do combustível dos últimos três meses e queremos saber se o aumento dado é somente repassado pela Petrobras ou está havendo excesso na margem de lucro desse postos de combustível”, destacou.

Continue lendo

Cruzeiro do Sul

Caminhão de lixo pega fogo no Centro de Cruzeiro do Sul e bombeiros são acionados para conter chamas

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Incêndio ocorreu na noite dessa quarta-feira (26). Duas guarnições do Corpo de Bombeiros foram acionadas para atender a ocorrência.

capa: Caminhão de lixo pega fogo no centro de Cruzeiro do Sul — Foto: Gledson Albano/Rede Amazônica Acre. 

Duas guarnições do Corpo de Bombeiros foram acionadas na noite dessa quarta-feira (26) para conter as chamas de um caminhão de lixo que incendiou, no Centro de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, enquanto servidores faziam coleta.

“De repente, o motorista não sabe o que aconteceu, mas o lixo que estava no baú do carro começou a pegar fogo”, contou o comandante dos Bombeiros na cidade, capitão José Oliveira.

Os bombeiros que foram acionados tiveram dificuldades porque a tampa do baú que comprime o lixo, teve as mangueiras hidráulicas estouradas devido à temperatura e foi preciso utilizar uma pá mecânica para poder levantar a tampa, retirar o lixo, para poder apagar o fogo.

“Foi removido o lixo e combatido o incêndio e, graças a Deus, a viatura foi salva, só com algumas avarias na questão hidráulica na tampa que comprime o entulho, mas já vai voltar a funcionar”, acrescentou comandante.

O comandante disse que a causa do incêndio ainda deve ser apurada para que possa ter uma resposta do que aconteceu. Ninguém se feriu.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco