NOSSAS REDES

Cruzeiro do Sul

Delegado diz que vai indiciar várias pessoas criminalmente pela explosão do barco no Rio Juruá

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O delegado Lindomar Ventura, responsável pelo inquérito policial que apura a explosão do barco no dia 7 de junho, em Cruzeiro do Sul, disse que vai indiciar criminalmente vários envolvidos no incêndio que matou 6 pessoas e deixou 12 feridas. Ele não adianta ainda, quantas pessoas serão indiciadas por crime culposo ( quando não há intenção de matar) e quantas pelo doloso ( com intenção de causar o dolo).
É no Relatório Final do inquérito que ele vai apontar a responsabilidade criminal de cada envolvido. Mesmo em caso de conclusão de crime culposo , há possibilidade de prisões.
A tipificação vai depender do grau de risco que cada envolvido assumiu ao fornecer, transportar e abastecer com 5 mil litros de gasolina, ao barco com 18 pessoas a bordo, incluindo crianças e um bebê. O batelão era abastecido por um caminhão pipa por meio de uma mangueira que foi descida vários metros no barranco até alcançar os tambores plásticos na embarcação, o que era feito há anos no Rio Juruá.
O inquérito já foi enviado à justiça e de acordo com o delegado, deverá retornar para ele, que pediu mais prazo para a conclusão . O Ministério Público também deverá se manifestar sobre o que foi apurado até agora.
O inquérito já tem mais de 300 páginas e segundo Lindomar deverá ultrapassar as 400. Ele já ouviu 32 pessoas, incluindo os sobreviventes da explosão, que retornaram à Cruzeiro do Sul depois do tratamento em Goiânia e Belo Horizonte e poderá ouvir mais gente e fazer novas diligências.
Ventura afirma que todos os fatos já resultaram em mudanças no modo de abastecimento das embarcações, que ficou suspenso por mais de um mês. Agora as embarcações que seguem para Porto Walter, Marechal Thaumaturgo e outras cidades, só podem ser abastecidas no Porto do governo, sob supervisão do Corpo de Bombeiros e Imac.
” Em outras tragédias assim na Amazônia, os resultados foram negativos do ponto de vista das punições e das mudanças para evitar novos casos. Aqui, já houve mudança quanto ao abastecimento e nós e o Ministério Público vamos até o final para que a justiça possa fazer a parte dela”, conclui o delegado Lindomar Ventura.

Tragédia

A explosão matou seis pessoas, deixou órfãos e separou famílias. Dois casos envolvem crianças: A pequena Iohana, de oito meses, e a mãe dela, Marluce Silva, morreram nos hospitais onde ficaram internadas. José Ortenisio, o pai da menina e marido de Marluce, segue internado. Outros dois filhos do casal, que sobreviveram, estão com familiares.
Outra família que estava no barco era a de Vardir Torquato, Jocicleia Ferreira da Silva e o filho, Paulo Vitor Ferreira da Silva, de 4 anos. O casal morreu com diferença de dias e o menino está internado no Hospital João XIII em Belo Horizonte, onde apresenta melhora, mas ainda não sabe da morte dos pais. Quem também segue em tratamento é o dono do barco, Francisco Luna, de 65 anos.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

Cruzeiro do Sul

Após protestos de motoristas, Procon-AC notifica 20 postos de combustível de Cruzeiro do Sul

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Procon-AC notificou 20 postos de combustível após gasolina chegar a R$ 5,70 no município.

CAPA: Litro da gasolina, em Cruzeiro do Sul, chegou a R$ 5,70 — Foto: Gledson Albano/Rede Amazônica Acre. 

Vinte postos de combustível do município de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, foram notificados pelo Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-AC) após protestos contra o aumento no preço da gasolina.

Uma onda de protestos tomou a cidade acreana na última semana após o litro da gasolina subir para R$ 5,70. Um grupo de mototaxistas e motoristas de aplicativos se reuniu em frente ao Ministério Público Estadual (MP-AC), na segunda (24), e depois os participantes saíram em carreata e fizeram um buzinaço.

Os manifestantes também foram até alguns postos e abasteceram com R$ 2 como forma de protesto.

Três dias depois, os manifestantes fecharam a ponte que fica sobre o Rio Juruá. O protesto foi pacífico, mas a Polícia Militar acompanhou a manifestação.

Após as manifestações, equipes do Procon foram até os postos de combustível verificar a situação. Ao G1, o diretor-presidente do Procon-AC, Diego Rodrigues, explicou que todos os proprietários de postos que existem na cidade foram notificados.

“Foram notificados para comprovar o preço praticado. Precisam apresentar a nota fiscal de compra e venda do combustível dos últimos três meses e queremos saber se o aumento dado é somente repassado pela Petrobras ou está havendo excesso na margem de lucro desse postos de combustível”, destacou.

Continue lendo

Cruzeiro do Sul

Caminhão de lixo pega fogo no Centro de Cruzeiro do Sul e bombeiros são acionados para conter chamas

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Incêndio ocorreu na noite dessa quarta-feira (26). Duas guarnições do Corpo de Bombeiros foram acionadas para atender a ocorrência.

capa: Caminhão de lixo pega fogo no centro de Cruzeiro do Sul — Foto: Gledson Albano/Rede Amazônica Acre. 

Duas guarnições do Corpo de Bombeiros foram acionadas na noite dessa quarta-feira (26) para conter as chamas de um caminhão de lixo que incendiou, no Centro de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, enquanto servidores faziam coleta.

“De repente, o motorista não sabe o que aconteceu, mas o lixo que estava no baú do carro começou a pegar fogo”, contou o comandante dos Bombeiros na cidade, capitão José Oliveira.

Os bombeiros que foram acionados tiveram dificuldades porque a tampa do baú que comprime o lixo, teve as mangueiras hidráulicas estouradas devido à temperatura e foi preciso utilizar uma pá mecânica para poder levantar a tampa, retirar o lixo, para poder apagar o fogo.

“Foi removido o lixo e combatido o incêndio e, graças a Deus, a viatura foi salva, só com algumas avarias na questão hidráulica na tampa que comprime o entulho, mas já vai voltar a funcionar”, acrescentou comandante.

O comandante disse que a causa do incêndio ainda deve ser apurada para que possa ter uma resposta do que aconteceu. Ninguém se feriu.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco