NOSSAS REDES

ESPECIAL

Copa do Mundo: Após testes, Tite mantém time com quarteto ofensivo contra a Sérvia

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Treinador vai escalar equipe com Neymar, Jesus, Willian e Coutinho na frente.

Com o quarteto ofensivo que ainda não funcionou na Rússia, a seleção antecipa nesta quarta-feira (27) a fase de mata-mata na Copa do Mundo para fugir de um vexame histórico.

O time precisa empatar no estádio do Spartak, em Moscou, para se classificar sem depender de uma combinação de resultados. Se for eliminada na primeira fase, a equipe comandada por Tite entrará para a história como a que teve a pior campanha brasileira em Copas desde o Mundial da Inglaterra, em 1966.

Além da vaga, a seleção busca a afirmação do esquema tático desenhado pelo treinador e que ainda não convenceu no Mundial da Rússia.

https://f.i.uol.com.br/fotografia/2018/06/26/15300617755b32e3cf77c34_1530061775_3x2_th.jpg

O quarteto ofensivo com Willian, Philippe Coutinho, Neymar e Gabriel Jesus foi usado desde o amistoso contra a Áustria, antes do Mundial. Com vitória por 3 a 0 e boa atuação na partida, foi mantido contra Suíça e Costa Rica e agora será novamente.

O Brasil lidera o Grupo E com quatro pontos e um gol de vantagem no saldo para a Suíça, que tem a mesma pontuação. Adversária desta quarta, a Sérvia soma três pontos e se classifica se vencer o Brasil. No mesmo horário, a Suíça enfrenta a eliminada Costa Rica, em Nijni Novgorod.

Com a vaga na fase de mata-mata ameaçada, Tite admitiu que todas as “situações são possíveis” na noite desta quarta em Moscou e chegou a comparar a situação com a derrota mais vergonhosa da sua carreira: a eliminação para o Tolima, da Colômbia, na Libertadores de 2011.

“Pode [ser o novo Tolima]. Todas as situações são possíveis. Todas. Eu não as descarto. Todo aprendizado do passado, eu trago, mas com uma diferença: estou há dois anos e pouco com essa equipe e quando acabou o segundo tempo [vencido pela Costa Rica, por 2 a 0] me orgulhei”, disse o treinador, que elogiou o fato de a equipe não ter se desesperado na última partida.

Os dois gols da vitória foram marcados nos acréscimos em São Petersburgo.

“O time me orgulhou muito. São dois anos e pouco, 23 jogos. O [Joachim] Löw tem quantos? Cento e pouco. Löw e Alemanha mantiveram padrão e não quebraram com gol aos 50 min e pouco [contra a Suécia]. Aquilo que não tinha com o Tolima, hoje tenho forte com a seleção. Mas pode ser, é da vida”, disse o treinador, que venceu 18 partidas, empatou quatro e perdeu apenas uma até agora.

Apesar de manter o quarteto em Moscou, o próprio treinador já testa alternativas.

No treino de segunda-feira (25), ele ensaiou o time sem Gabriel Jesus e colocou o volante Fernandinho. A atividade contava com seis jogadores (entre meio-campistas e atacantes), que faziam um treino de enfrentamento contra os zagueiros.

Caso não funcione a formação, Roberto Firmino deverá entrar no time no segundo tempo. Ele e Taison, que ainda não foi utilizado na competição, são as únicas opções ofensivas do treinador para o jogo contra os sérvios.

A outra seria Douglas Costa, mas o jogador da Juventus sofreu uma lesão muscular e está no departamento médico.

O camisa sete entrou em campo no intervalo contra a Costa Rica no lugar de Willian e deu mais profundidade a equipe. Ele, inclusive, participou do lance do segundo gol, marcado por Neymar.

Nesta terça-feira(26), Tite voltou a defender o camisa 10, que chorou em campo após a primeira vitória da seleção brasileira na Copa do Mundo.

“Talvez mais um jogo ele esteja em sua plenitude. Não é dada a ele responsabilidade excessiva em cima de sucesso e insucesso. Cada um de nós tem sua responsabilidade, o conjunto resolve”,disse o treinador gaúcho.

Com a possibilidade de enfrentar a Alemanha na fase seguinte da competição, o técnico disse que a seleção não escolherá adversário.

Duas horas antes do início da partida em Moscou, a Alemanha, que enfrenta a Coreia do Sul, definirá a sua colocação na primeira fase.

A atual campeã mundial está em segundo lugar no Grupo F, com três pontos. No mesmo horário, a Suécia, que também tem três pontos, joga com o México, que soma seis.

“Não podemos pensar nisso e não estamos pensando. A equipe se fortalece dentro da competição”, afirmou o treinador brasileiro.

A classificação em Moscou aliviará o início turbulento. Com duas vitórias e um empate, o time de Tite faria a mesma campanha da primeira fase da Copa do Mundo de 2014. Por Camila Mattoso, Diego Garcia, Sérgio Rangel. Veja.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

PSL processa Jorge Viana e Leonildo Rosas, pedindo R$ 36.575,00 mil de indenização por danos morais

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Segundo os autos nº. 0603460-28.2020.8.01.0070, o Partido Social Liberal – (Psl) – Regional Acre, processa Jorge Ney Viana Macedo Neves e Leonildo Rosas Rodrigues, por supostos danos morais, e pede indenização de R$ 36.575,00 mil reais. 

Conforme narra a advogada Jamily da Costa Gomes Wenceslau, do autor do processo, “O Sr. JORGE NEY VIANA MACEDO NEVES, ora réu, se pronunciou em uma entrevista no programa “Entre Espinhos e Rosas”, transmitido no canal do Portal do Rosas no YouTube, difamando e injuriando a honra do autor“. 

Segundo a causídica, a notícia circulou “através de jornais de grande circulação do Estado do Acre, sites de notícias e inclusive grupos do WhatsApp“. 

Além disso, o link do vídeo difamatório foi compartilhado em diversos grupos, no qual os participantes podem facilmente acessar o vídeo e encaminhar para outros usuários. O PSL estava sendo indevidamente denegrido pelo primeiro Réu, no canal do Portal do Rosas no YouTube, segundo consta no seguinte endereço: https://youtu.be/lNWKAOmM-98“, disse a advogada.

No vídeo, segundo a advogada, Jorge Viana diz: […]. Surgiu esse partido PSL, tá cheio de bandidos, de pessoas que são corruptas, se disfarçado de honesto, querendo da nação… milicianos[…]”.  

[…]. Aqui no Acre mesmo, se beneficiaram dos nossos governos, ficaram ricos, cresceram, se deram bem, cresceram nas carreiras, aí quando viram a possibilidade de poder, aí se revelaram quem são, uns fascistas, umas pessoas intolerantes, umas pessoas nojentas e corruptas… […]”, supostamente afirmou Jorge Viana. 

[…]. também ficaram aí anos tentando destruir nossa reputação no Acre, e destruíram[…]”, teria dito o ex-governador. 

A ação judicial foi interposta em nome do então  Presidente do PSL/AC, PEDRO VALÉRIO ARAÚJO, que pediu liminar para remover a publicação do sítio eletrônico PORTAL DO ROSAS http://portaldorosas.com.br/ex-ministro-da-justica-e-jorge-viana-sao-os-debatedores-no-entre-espinhos-e-rosas-deste-sabado e do Canal no Youtube Portal do Rosas https://youtu.be/lNWKAOmM-98

Em decisão, o Juiz Giordane de Souza Dourado negou o pedido de liminar do PSL. O Magistrado salientou que “a liberdade de expressão é um direito constitucional, sendo oponível aos que exercem qualquer atividade de interesse da coletividade, independentemente de ostentarem qualquer grau de autoridade“. 

Jorge Viana e Leonildo Rosas ainda não foram citados para apresentar contestação. A reportagem não conseguiu contatá-los. 

Continue lendo

ACRE

Justiça reduz pena dos assassinos do Dr Baba, e Ministério Público não recorre; veja

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Capa: FELIPE DE OLIVEIRA RODRIGUES foi quem disparou o tiro fatal, e LUCAS SILVA DE OLIVEIRA foi o mentor e responsável pelos atos preparatórios e a fuga no veículo celta preto.  

Segundo os autos 0500071-72.2018.8.01.0013, o MPAC ajuizou ação contra Felipe de Oliveira Rodrigues, José Renê do Nascimento Avelino, Lucas Silva de Oliveira e Antônio Elineldo Vieira da Lima, como incursos nas penas do art. 157, §3º. II, do Código Penal, com as disposições da Lei n. 8.072/90; Antônio Elineldo Vieira da Silva restou incurso, ainda, nas penas do art. 2º, §2º, da Lei n. 12.850/13, todos acusados pela morte do médico Rosaldo Firmo de Aguiar França (Dr. Baba). 

Após longa instrução processual, os acusados JOSÉ RENÊ DO NASCIMENTO AVELINO, LUCAS SILVA DE OLIVEIRA e FELIPE DE OLIVEIRA RODRIGUES, foram condenados nas penas do 157, §3°, II, c/c art. 29, do Código Penal. O acusado Antônio Elineldo Vieira da Silva continua foragido da justiça. 

Elineldo Vieira da Silva, é procurado pela justiça.

PENAS APLICADAS PELA JUSTIÇA DE FEIJÓ

Inicialmente, a juíza da Comarca de Feijó, Dra Ana Paula Saboya Lima aplicou penas entre 26 e 29 anos de prisão em regime fechado.

JOSÉ RENÊ DO NASCIMENTO AVELINO foi condenado à pena definitiva em 27 (vinte e sete) anos e 6 (seis) meses de reclusão. LUCAS SILVA DE OLIVEIRA foi condenado à pena definitiva em 26 (vinte e seis) anos e 6 (seis) meses de reclusão. FELIPE DE OLIVEIRA RODRIGUES foi sentenciado à pena definitiva em 29 (vinte e nove) anos de reclusão. 

FELIPE DE OLIVEIRA RODRIGUES e JOSÉ RENÊ DO NASCIMENTO AVELINO, foram presos em flagrante, e atualmente estão presos no presídio Moacir Prado, no município de Tarauacá/AC.

Os três condenados recorreram da sentença proferida pela juíza da Comarca de Feijó, Dra Ana Paula Saboya Lima. 

Defendidos por advogados particulares, e pela Defensoria Pública Estadual, os réus apresentaram recurso de apelação que foi julgado na Câmara Criminal do TJAC. O desembargador relator Elcio Mendes concluiu que (…) de fato, os autores do delito agiram com animus furandi e não com animus necandi, eis que ao cometerem o delito seus objetivos era a  subtração de um revólver que a vítima guardava dentro de sua residência – tanto é assim que vítima foi alvejada para que os réus conseguissem subtrair a referida arma, como confirmado pelo réu José Renê do Nascimento Avelino -, tendo sido a morte da vítima, portanto, apenas resultado da violência empregada pelos autores, o que caracteriza o crime de latrocínio e não de homicídio“.

Em vista dessa e outras conclusões dos desembargadores, como o reconhecimento da atenuante da confissão espontânea dos réus, a Câmara Criminal do TJAC decidiu reduzir a pena dos condenados. 

PENAS REDUZIDAS

Assim, a pena do réu Felipe de Oliveira Rodrigues foi reduzida para uma pena concreta e definitiva em 23 (vinte e três) anos, 7 (sete) meses e 10 (dez) dias de reclusão. A pena do réu José Renê do Nascimento Avelino foi reduzida para 23 (vinte e três) anos e 4 (quatro) meses de reclusão. Por fim, a pena do réu Lucas Silva de Oliveira foi mitigada para 22 (vinte e dois) anos, 2 (dois) meses e 20 (vinte) dias de reclusão.

Segundo informou um agente penitenciário do presídio Moacir Prado, em Tarauacá, após saberem que a  Apelação Criminal foi parcialmente provida, os criminosos comemoram o resultado. 

O Ministério Público do Acre não recorreu da nova decisão (acórdão) que reduziu as penas dos sentenciados. A reportagem não contatou os familiares, para ouvir quanto à redução da pena dos réus. 

Por https://acrenoticia.com/

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco