NOSSAS REDES

CIDADES

Auxílio emergencial provoca imensa fila em agência bancária e agrava risco de contaminação por Covid-19

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Auxílio emergencial é um benefício financeiro concedido pelo Governo Federal, destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados. Tem o objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do coronavírus (COVID-19).

Porém, vem deixando as autoridades e profissionais da saúde bastantes aflitos, com medo da proliferação do vírus mais ainda. Já que no Acre contabiliza com 347 casos de pessoas infectadas e 18 óbitos devido ao coronavírus..

O deputado estadual Luiz Tchê (PT) durante uma sessão, na quarta-feira (29), apresentou projeto que obriga o uso de máscara a todos acreanos enquanto o estado enfrenta também a pandemia e estando em estado de calamidade pública, e se caso aprovado a pessoa que for pega sem máscara será sujeito a pagar multa no valor de R$ 74,00 reais.

Em Tarauacá-Ac, município localizado a 400 Km da capital Rio Branco, vem deixando às autoridades e profissionais da saúde bastante preocupados com a desobediência da maioria da população com os devidos cuidados em relação a prevenção.

Durante esta semana, até o anoitecer ainda haviam pessoas dentro da agência bancária, em buscar de sacar o auxílio emergencial [Foto – reprodução. Redes sociais].

Um dia vídeo que circula em vários grupos de WhatsApp, mostra uma imensa fila, e inúmeras pessoas sem máscaras, e já não bastasse houve o compartilhamento de máscaras das próprias pessoas já que muitos não tinha e a Caixa Econômica não permite a entrada sem o uso da máscara. 

Tarauacá é um dos 12 municípios que ainda não testaram caso positivo do novo coronavírus, porém a população teme a chegada do vírus cedo ou mais tarde, devido a derrubada da barreira sanitária que proibia entrada de outras pessoas na cidade, como um modo de prevenção através de um decreto da Prefeita Marilete Vitorino (PSD).

Que foi derrubada através de uma denúncia do Advogado mineiro (Matheus Augusto de Oliveira Fidelis), concedido pela Juíza Francielle Martins Gomes Medeiro, da 2° vara federal no Acre, concedeu a medida liminar (provisória) nos HC coletivo n° 1002510-24.2020.4.01.300 contra o decreto municipal n° 3, de 14/04/20 da Prefeitura de Tarauacá.

Veja os vídeos:

ACRE

Incêndio destrói casa após criança de 3 anos brincar com isqueiro no Acre

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Uma casa de madeira da Vila Custódio Freire, em Rio Branco, foi consumida pelo fogo após uma criança de três anos brincar com um isqueiro dentro do quarto. O incêndio ocorreu nesta terça-feira (8) e ninguém ficou ferido.

O Corpo de Bombeiros do Acre informou que ao chegar ao local encontrou três crianças de 3, 5 e 11 anos sozinhas na casa. Os vizinhos acionaram os bombeiros.

A criança mais velha, de 11 anos, falou para os bombeiros que estava na cozinha quando o irmão caçula brincava com um isqueiro no quarto e começou o fogo. Ao perceber as chamas, a criança retirou os irmãos mais novos e pediu socorro.

A mãe das crianças estava trabalhando e foi para o local após ser avisada do incêndio.

“O combate durou cerca de 30 minutos Fomos acionados por volta das 10 horas. Era uma residência de madeira medindo cerca de dez por cinco metros”, destacou a cadete Laiza Mendonça.

Continue lendo

ACRE

Homem mata cunhado, atira na esposa e deixa menor ferido por causa de fogo em cerca de casa no AC

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Mulher e menor atingidos por disparos foram socorridos e levados ao hospital. Suspeito está foragido.

capa: Homem mata cunhado, atira na esposa e deixa menor ferido por causa de fogo em propriedade no AC — Foto: Divulgação/Polícia Civil.

O produtor rural Osias Santos, de 34 anos, foi morto na madrugada dessa sexta-feira (4), em Assis Brasil, no interior do Acre, pelo próprio cunhado, identificado pela polícia como Sebastião Alves Pereira que está foragido.

O crime ocorreu na zona rural do município, no Km 17 da BR- 317. Além de ser suspeito de matar o cunhado, Pereira também atirou na esposa, de 37 anos, que foi atingida no ombro e em outro cunhado, um menor de 17 anos, atingido nas nádegas. Os dois foram socorridos e levados ao hospital.

O delegado da cidade, Judson Barros, disse ao G1 que as primeiras informações levantadas pela Polícia Civil é de que a confusão teria começado por causa de um incêndio que ocorreu em uma propriedade de um outro irmão da esposa e teria queimado a cerca do suspeito.

“Essa confusão todinha só foi por causa do fogo. O que é complicado é que quem botou fogo foi o João [outro cunhado que não estava no local do crime] e mata o Osias que não tinha nada a ver, que segundo informações foi lá para tentar resolver”, contou.

Osias Santos teria pedido que o cunhado tivesse calma porque eles iriam arrumar a cerca e que o outro irmão pagaria pelo prejuízo.

“Mas, não teve diálogo, o cidadão estava armado e terminou atirando em todo mundo”, complementou o delegado.

Barros afirmou ainda que está concluindo o relatório que deve ser encaminhado ao juiz que pode determinar ou não a prisão preventiva do suspeito.

“Estamos desde ontem [sexta, 4] tentando contato com a família para que ele se apresente porque de qualquer forma vai responder a um processo judicial e ele [suspeito] precisa vir aqui e dar a versão dele dos fatos”, concluiu. Por G1Ac. 

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco