NOSSAS REDES

Tragédia

Mãe mata a filha de 2 anos à facadas após “crise de ciúmes”

Redação do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A madrugada desta quinta-feira (13) foi marcada por uma barbárie na região de Vicente Pires, que fica na região administrativa do Distrito Federal brasileiro. Vizinhos escutaram, por volta das 5h, um homem gritando que sua filha tinha sido assassinada.

A vítima, Júlia Félix de Moraes, 2 anos e dois meses, foi esfaqueada e não resistiu aos ferimentos. A mãe, Laryssa Yasmim Pires de Moraes, de 21 anos, acabou presa em flagrante pelo crime.

A Polícia Militar foi acionada via Copom. Quando chegou ao local, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estava no apartamento onde ocorreu o homicídio, mas não houve tempo para socorrer a pequena. A mãe, segundo a PM, encontrava-se sentada próximo ao corpo da filha, com a roupa suja de sangue.

Quando os policiais perguntaram o que tinha ocorrido, ela disse: “Não sei, não sei, não sei. Matei minha filha!”. No local, também estava o pai da criança, Giuvan Félix, de 26 anos, que vestia apenas cueca. Ele também estava sujo de sangue. O rapaz contou que estava dormindo em um colchão no chão e acordou com a companheira golpeando seu rosto com uma faca.

Ele apresentava lesão no rosto e na mão. Disse ainda que não viu o momento em que a companheira esfaqueou a filha. Quando ele acordou sendo atacado, viu a criança no chão do quarto com marcas de sangue e perguntou o que havia ocorrido. Ele percebeu que a menina ainda estava viva e ligou para o SAMU.

Revelou também que a mulher estava morando em sua casa há poucos dias e que, nesta quinta-feira (13), iria sair do local. Ela foi encaminhada para a 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro), onde prestou depoimento.

Na delegacia, Giuvan disse que Laryssa era uma pessoa “difícil de lidar” e que “acordou com a faca na cara dele”. A jovem teria matado a menina após uma crise de ciúmes.

Uma moradora do prédio que fica em frente ao da família disse não acreditar no que ocorreu. “Eu via a criança brincando na janela, sempre. Ela era linda. Gostava de cantar e brincava por horas. O pai é muito tranquilo. Trabalhador. Não estamos entendendo o que aconteceu”, disse a mulher, que preferiu não se identificar.

Por notícias da hora Sergipe.

ACRE

No Acre, deputado estadual mata mulher atropelada em rodovia federal

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

PM disse que o deputado Luiz Gonzaga conduzia a caminhonete e disse que a vítima fez uma conversão para retornar e que ele tentou desviar, mas não conseguiu.

Mulher morre ao ser atropelada por caminhonete conduzida por deputado no Acre — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Mulher morre ao ser atropelada por caminhonete conduzida por deputado no Acre — Foto: Divulgação/Polícia Militar.

Uma mulher identificada como Sonia Oliveira da Silva, de 34 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (17) no quilômetro 3, da BR-364, em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre. Ela foi atropelada por uma caminhonete que era conduzida pelo deputado estadual Luiz Gonzaga (PSDB). Outra mulher ficou ferida e foi levada ao Hospital do Juruá.

A Polícia Militar informou que o deputado conduzia a caminhonete e disse que a condutora da motocicleta fez uma conversão para retornar e que ele ainda teria tentado desviar para evitar a batida, mas não conseguiu.

Ainda de acordo com a PM, o deputado contou que buzinou para alertar a motociclista e que devido à velocidade não deu tempo de frear o veículo. Na tentativa de não bater nas duas, ele ainda teria jogado o carro para a contra mão, mas acabou atingido a motocicleta com a parte frontal direita do veículo.

A motociclista, segundo a PM, não tinha habilitação e morreu no local. A outra mulher que estava no moto foi levada ao Hospital em Cruzeiro do Sul com algumas escoriações. O deputado não teve ferimentos. Segundo a PM, ele sofreu uma queda de pressão e também foi para o hospital.

No carro com Gonzaga estavam três pessoas, uma delas era a esposa dele. A PM falou que ninguém se feriu. O G1 tentou contato com o deputado, mas até a última atualização desta reportagem não obteve resposta.

A PM contou ainda que o local do acidente é de atribuição da Polícia Rodoviária Federal (PRF), mas foi atendida pela PM para que fosse mantida a ordem pública e ocorresse a liberação do trânsito no local.

Continue lendo

ACRE

Ônibus fica destruído após pegar fogo em rodovia de Rio Branco; ninguém se feriu

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Ônibus que fazia a linha Vila Acre pegou fogo ao chegar na parada final, nesta segunda-feira (17).

capa: Veículo pegou fogo na parada final na Rodovia AC-40, em Rio Branco — Foto: Reprodução.

Um ônibus da Empresa Viação Floresta, que faz a linha Vila Acre, pegou fogo ao chegar na parada final na Rodovia AC-40, em Rio Branco, nesta segunda-feira (17). O veículo estava vazio na hora que o fogo começou e ninguém ficou ferido. Uma equipe do Corpo de Bombeiros do Acre foi para o local.

Ao G1, o gerente da empresa, Marcos Costa, informou que os passageiros já tinham descido quando o incêndio iniciou. Ao perceber o fogo, que teria iniciado na parte de trás do ônibus, o motorista abriu as portas e saiu.

“Ninguém se feriu, graças a Deus. Ele tinha chegado do Centro e encostou na final. Os bombeiros apagaram logo, mas teve perda total. Não conseguimos detectar o que houve e vamos tentar averiguar”, lamentou.

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

    Feedback
    WhatsApp Fale conosco